12/06/2013

Engler leva demandas de Franca ao secretário da Educação

Deputado tratou de reformas na Ana Maria Junqueira e na Mário D’Elia

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) apresentou demandas de reformas das escolas estaduais Ana Maria Junqueira, na Vila Raycos, e Mário D’Elia, no Jardim Consolação, ao secretário estadual da Educação, Herman Voorwald. O encontro ocorreu na última semana, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

O pedido da EE Ana Maria Junqueira é mais simples. A diretora Aracilda Malta Ferreira deseja um reforço na segurança da unidade. Por conta de seu terreno amplo, há ocorrência de invasões em partes mais afastadas do núcleo administrativo e de salas de aula. 


A ideia é que a área construída receba uma espécie de cercamento que evite o acesso direto, além do fechamento do pátio coberto e de medidas de proteção dos muros. “Essa é uma solicitação nova, abordada por mim, pela primeira vez, agora, diretamente com o secretário. Espero uma resposta positiva em breve”, disse o deputado Roberto Engler.


As obras na Escola Estadual Mário D’Elia são mais amplas e incluem troca do telhado, reparos na quadra poliesportiva, no sistema elétrico e no piso de diversas dependências, construção de novo bebedouro e de uma dispensa. 


O próprio diretor Marcos Antonio Pereira do Amaral fez o pedido ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), quando de visita do tucano a Franca, no início de maio. A solicitação é corroborada por abaixo-assinado com a adesão de pelo menos 500 pais de alunos.


 “Na viagem de volta de Franca para São Paulo, o governador afirmou que a reforma estava liberada”, revelou o deputado Roberto Engler, que, depois disso, já tratou do assunto com o presidente da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), Barjas Negri, e agora com o secretário Herman. “Tenho relatado a autorização concedida por ele (Alckmin), buscando estabelecer as ações necessárias para que ela se realize”, completou.


As escolas estaduais Ana Maria Junqueira e Mário D’Elia atendem, juntas, cerca de 2,4 mil alunos do Ensino Fundamental - Ciclo II e de Ensino Médio, sendo aproximadamente 1,2 mil cada uma.