07/06/2013

Jardinópolis quer reformar centro esportivo

Roberto Engler

Deputado, prefeito, vice e vereador solicitaram R$ 300 mil em recursos estaduais

 

07/06/2013 - O deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o prefeito José Antonio Jacomini (MD), o vice-prefeito Paulinho da Vila (PV) e o vereador Mateus Signorini (PSDB), solicitaram, na manhã de ontem (6), em audiência na Secretaria da Casa Civil, no Palácio dos Bandeirantes, a liberação de R$ 300 mil em recursos estaduais para Jardinópolis. O dinheiro será investido em reformas no Centro Esportivo Newton Reis.
O encontro aconteceu na Subsecretaria de Relações com Municípios, com o subsecretário Rubens Cury. A demanda ainda deve passar pela avaliação do secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, e do governador Geraldo Alckmin (PSDB).
“Pela experiência que tenho com esse tipo de pedido, devemos esperar alguns dias para obter uma resposta. Acredito muito no sucesso da solicitação”, disse o deputado Roberto Engler.
O Centro Esportivo Newton Reis foi construído no início da década de 1980 e conta com diversos equipamentos esportivos, entre eles piscinas, ginásio de esportes, quadras, campo de areia, de futebol e de malha. É usado para recreação da população e para aulas de esportes.
As ações que sucedem o pedido na Casa Civil passam pela autorização oficial da liberação dos recursos, pela troca de documentação para formalização de convênio entre o Estado e a Prefeitura, pela celebração da parceria, até chegar ao repasse propriamente dito. “Vou acompanhar, etapa por etapa, trabalhando junto ao Governo do Estado para que o processo corra da melhor e mais rápida forma possível”, garantiu Engler.

O parlamentar agradeceu a atenção dispensada por toda a equipe da Casa Civil. “A forma atenciosa com que os prefeitos foram recebidos e, principalmente, a sinalização positiva merecem nosso reconhecimento. O governador Geraldo Alckmin, o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, e subsecretário Rubens Cury têm atuado claramente no sentido de colaborar com os municípios”, afirmou o deputado Roberto Engler.