08/02/2013

Recape da SP-413 deve começar depois do Carnaval

Roberto Engler

Autorização para início da obra deve ser emitida na semana do dia 18
 

 

08/02/2013 - O recape da SP-413 – Norival Pereira Mattos, que leva à divisa de Minas Gerais e à Usina Volta Grande, partindo da SP 425 – Assis Chateaubriand, deve ser iniciado na semana seguinte ao Carnaval. O contrato com a vencedora das licitações para realizar a obra foi assinado ontem (7), em São Paulo. Com isso, resta apenas a emissão da ordem de serviço pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).
A recuperação da estrada, que interessa diretamente às cidades de Guaíra e Miguelópolis, foi divida em dois lotes. Ambos tiveram sua finalização ontem (7). Somando o valor de cada parte do recapeamento, o Governo do Estado de São Paulo vai investir R$ 32,6 milhões na rodovia.
Desde o início de 2011, o recape tem sido intermediado pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) depois de pedidos do vereador de Guairá, José Reginaldo Moretti (PSDB), e do então vice-prefeito de Guaíra, Edvaldo Donizete Morais (PSDB). No fim do ano passado, o prefeito de Miguelópolis, Juliano Mendonça (PV), reiterou, a Engler, a necessidade da obra.
“A quantidade de pedidos que recebi diretamente de moradores da região para que essa obra fosse viabilizada foi enorme. Tenho certeza de que uma previsão de início de obras confirmada como essa será o início do alívio dessas pessoas”, disse o deputado Roberto Engler.
A SP-413 tem função estratégica ligando a região a Minas Gerais, no sentido a Uberaba. Por essa razão, se trata de uma rodovia com importância significativa para o deslocamento de estudante entre os municípios, para o fomento ao turismo e para o escoamento de produtos agrícolas. Nos últimos anos, registra trânsito médio de 1,8 mil veículos por dia.
“Com a melhoria das condições da estrada, este número tende a aumentar, assim como vai aumentar a segurança e o conforto desses motoristas. É um investimento acertado. Agradeço ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), ao secretário estadual de Transportes, Saulo de Castro Abreu, e ao superintendente do DER, Clodoaldo Pelissioni, pela obra”, disse Engler.