08/12/2012

Escola do Zequinha Amêndola está em fase de projeto

Roberto Engler

Bairro Luiz Spina também pode ter nova unidade

 

07/12/2012 - Em reunião com o secretário estadual de Educação, Herman Voorwald, na última terça-feira (4), o deputado estadual Roberto Engler (PSDB) obteve a informação de que a nova escola estadual que será erguida no bairro Zequinha Amêndola (Barretos 2) está em fase projeto. A unidade está incluída no plano de obras da secretaria.
O custo estimado da nova escola é de R$ 5 milhões. O projeto deve contemplar a construção de oito salas de aula, além de laboratórios, sala de leitura, cozinha, refeitório, quadra coberta, entre outras dependências.
Em abril deste ano, Engler e o prefeito eleito, Guilherme Ávila (PSDB), obtiveram autorização para a nova escola. “A obra está prevista pela Secretaria Estadual de Educação e a previsão de licitação é para o início do ano que vem”, relatou o deputado.
Ontem (6), Engler esteve com a dirigente regional de Ensino, Solange Bellini, durante reunião que ocorreu na Drads (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social) para assinatura de convênios para entidades assistenciais da região (leia mais abaixo), e que teve a participação também do secretário municipal de Saúde, Cléber Delalibera, e de Samuel Salustiano Santos.
A dirigente aproveitou para pedir o auxílio do deputado para outra reivindicação que já tem parecer técnico favorável emitido por ela, mas que ainda não foi autorizada pela secretaria: a construção de uma nova escola no bairro Luiz Spina.
A expansão daquela região da cidade, com muitos novos empreendimentos imobiliários, é um dos fatores que justificam a obra. “Pelo que me foi dito, a intenção é viabilizar uma unidade de pelo menos seis salas de aula. Se há a demanda, é uma solicitação justa e vamos, sim, intensificar o diálogo com a secretaria para que mais essa nova escola seja autorizada”, garantiu Engler.

 

ENTIDADES DA REGIÃO
A reunião ocorrida na Drads de Barretos, ontem, sob a coordenação da diretora regional Márcia Muzeti, serviu para celebrar cinco convênios para entidades assistenciais da região: DCA (Desenvolvendo a Criança e o Adolescente), da Artsol (Associação Arte e Solidariedade) e Casa de Santa Clara, de Bebedouro, Centro de Ação Social Nossa Senhora Aparecida, de Guaíra, e Casa Assistencial Nosso Lar, de Colina.
Juntas, as entidades vão receber R$ 205 mil. “É parte do nosso perfil de trabalho viabilizar esse apoio do Governo do Estado às pessoas que comandam as entidades assistenciais, um grupo de seres humanos que dedica boa parte de sua vida ao próximo. Agradeço ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e à sua equipe pelo atendimento de nossos pedidos”, disse Engler.