06/12/2012

Entidades Assistenciais de Franca assinam convênios

Roberto Engler

Celebração de parcerias renderá R$ 160 mil a quatro instituições

 

06/12/2012 - Representantes do Berçário Dona Nina assinaram, na manhã de hoje (6), convênio para receber R$ 70 mil do Governo do Estado. O repasse é um dos quatro conseguidos pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) para entidades assistenciais de Franca neste fim de ano e que, somados, totalizam R$ 160 mil para as instituições.
Engler não pode participar da cerimônia de hoje (6) em razão de audiência agendada anteriormente em São Paulo. O parlamentar foi representado pelo seu assessor Nélio Carloni. Pelo Berçário, estiveram presentes, a presidente Alda de Carvalho Neves e as diretoras Yvone de Paula Silveira Ewbank e a Rosa Amélia Costa de Oliveira.
As outras entidades de Franca beneficiadas foram o Lar dos Cegos, o Lar dos Idosos Eurípedes Barsanulfo e a Associação dos Deficientes Físicos. Cada uma receberá R$ 30 mil. Elas assinaram seus respectivos convênios na última terça-feira (4) e devem utilizar a verba para aquisição de equipamentos.
A Sede Agostiniana Pio XII também receberia R$ 30 mil, no entanto a falta de regularização do CRCM (Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades) deve impedir o repasse. “É uma pena, pois o aval para a liberação foi dado pelo Governo, mas a exigência do certificado está valendo desde meados do ano e, sem ele, não há o que fazer”, lamentou Engler.
O apoio às entidades assistenciais de Franca é um traço característico do trabalho do deputado Roberto Engler em Franca. O parlamentar já conseguiu repasses de verbas estaduais para todas as instituições cadastradas pela Diretoria Regional de Desenvolvimento Social.
“Enxergo esse tipo de apoio do Estado como uma forma de colaboração com aqueles que dedicam parte de suas vidas a contribuir para ajudar outras pessoas. Essa é uma virtude e tanto”, afirmou o tucano.
Engler agradeceu ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e à sua equipe pela liberação dos recursos. “São motivos de agradecimento e sinais da disposição do Governo em estar com as iniciativas do terceiro setor, uma vertente muito importante para complementar as atividades diretas do Estado”, disse.