27/11/2012

Bebedouro terá R$ 200 mil para cobrir quadra de escola

Roberto Engler

Entidades da cidade também devem receber R$ 100 mil ainda em 2012

 

27/11/2012 - Convênio para liberação de R$ 200 mil para a cobertura da quadra da Escola Municipal João Pereira Pinho foi assinado ontem (26), em São Paulo. A verba é resultado de intermediação política feita pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB), depois do pedido da diretora da escola, professora Carminha Campanelli, e do vereador eleito, Beto Mazzeu (DEM).
O prefeito João Batista Bianchini, o Italiano (PTB), esteve na capital para assinar o documento, durante cerimônia de assinatura de convênios comandada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). O pagamento ao município deve ocorrer dentro de poucos dias.
“Com a formalização do repasse ainda este ano, quem ganha é a comunidade escolar, já que mais rápido o dinheiro poderá ser investido”, disse Engler. “Quero agradecer ao governador Alckmin e a sua equipe, pelo atendimento de nossos pedidos. E quero também enviar o meu abraço a alunos, professores, funcionários, à amiga Carminha e também ao maestro João Perri e a seus alunos do Bate-Lata”, completou ele.
Outros três convênios para entidades assistenciais de Bebedouro devem ser assinados em breve e significam a liberação de mais R$ 100 mil para a cidade. O DCA (Desenvolvendo a Criança e o Adolescente) deve receber R$ 40 mil, a Artsol (Associação Arte e Solidariedade), R$ 30 mil e a Casa de Santa Clara, outros R$ 30 mil.
Todos os repasses serão destinados à aquisição de equipamentos. “Pretendo encontrar a direção de cada uma das entidades em Barretos, na Diretoria Regional de Desenvolvimento Social, para dar um abraço e comemorar as conquistas”, revelou Engler.

 

MAIS REPASSES
Outros dois repasses de verbas estaduais já foram assegurados para Bebedouro, no entanto seu andamento só deve ocorrer ao longo de 2013, durante o mandato do prefeito Fernando Galvão (DEM).
O município vai receber R$ 300 mil para iluminação do Lago e mais R$ 150 mil para obras de recapeamento. “Temos a garantia do Governo de que esses recursos sairão, mas não mais em 2012. No início do ano, os processos serão abertos e continuaremos acompanhando para que Bebedouro possa usufruir também desses repasses”, afirma Roberto Engler.