22/11/2012

Avenida Raul Furquim não será interrompida

Roberto Engler

Avenida e Rodovia Armando Sales terão cruzamento em desnível


 

22/11/2012 - Audiência realizada hoje (22), em São Paulo, definiu que a Avenida Raul Furquim não mais será interrompida com a duplicação da Rodovia Armando Sales de Oliveira em Bebedouro. O encontro das vias contará com um cruzamento em desnível. O DER (Departamento de Estradas e Rodagem) vai contratar um reestudo da duplicação.
O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) participou de reunião com o superintendente do DER, Clodoaldo Pelissioni, e lideranças bebedourenses. Nos próximos dias, uma concorrência pública deve ser aberta para definir empresa que vai auxiliar o departamento na definição de alternativa que não prejudique a Raul Furquim.
A assessoria deve custar por volta de R$ 400 mil. “Temos um orçamento de uma obra de R$ 104 milhões, já licitada, e temos levar isso em conta para que modifiquemos o projeto sem alterar significativamente os custos”, explicou Pelissioni.
Enquanto a questão da Raul Furquim não se resolve, as melhorias da Armando Sales Oliveira seguirão sendo executadas nos trechos de faixas adicionais e recapeamento a partir de Bebedouro. “Essa é uma notícia que importa às outras cidades. Segundo relato das lideranças que estiveram no encontro, há uma grande preocupação, especialmente de Monte Azul Paulista”, disse Engler.
O prefeito João Batista Bianchini, o Italiano (PTB), o prefeito eleito, Fernando Galvão (DEM), os vereadores Sebastiana Camargo (DEM), Paulo Bianchini (PTC) e Antonio Sampaio (PTC), os vereadores eleitos Beto Mazzeu (PSDB), Fernando Piffer, Ângelo Daólio (PSDB) e Nasser José Delgado Abdallah (PV), além do líder do Movimento Raul Furquim Sem Fim, Camilo Souza Cruz, do diretor do Saeb (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bebedouro), Gilmar Feltrin, do advogado Doutor Paulo Roberto Joaquim dos Reis e do presidente do Sindicato Rural, José Oswaldo Junqueira participaram do encontro.

 

A REUNIÃO
Pelissioni relatou o imprevisto com a Avenida Raul Furquim, ressaltando que os muitos investimentos na malha viária da região devem servir para satisfazer os anseios da população e que, por isso, não há outra forma de agir a não ser atender aos pedidos de Bebedouro.
Neste momento, o DER trabalha com cinco diferentes alternativas técnicas para resolver o problema, mas todas ainda precisam ser aprofundadas, com levantamento de custos de intervenções e de desapropriações, entre outros fatores. Pelissioni levantou a possibilidade de realizar audiência pública em Bebedouro para apresentar o novo projeto, quando ele estiver concluído.
O deputado Roberto Engler afirmou que a reunião era histórica, pois selava um compromisso de respeito à Bebedouro, por meio de uma mobilização valiosa de suas lideranças civis e políticas. “Como já disse outras vezes, é uma lição de cidadania”, reiterou.
Engler ressaltou a abertura ao diálogo permitida pelo departamento e a presença em peso de representantes da cidade. “Os dois fatos mostram espírito público de um lado e espírito de cidadania de outro. Quem ganha é Bebedouro, que demonstra sua importância e demonstra também que seus assuntos estão sendo tratados com respeito”, disse.
Outras autoridades discursaram durante o encontro, em tom de agradecimento, ressaltando a importância da Avenida Raul Furquim para Bebedouro e acrescentando outras preocupações sobre a projeto, que devem ser levadas em conta pelo DER.
A reunião terminou com uma fala do deputado Roberto Engler. “O mais importante está garantido: a Raul Furquim não terá um fim. A maneira como isso se dará devemos conhecer em breve”.

 

A OBRA
O Governo do Estado de São Paulo está investindo mais de R$ 100 milhões na construção de terceira faixa da Rodovia Armando Sales de Oliveira entre Bebedouro e Olímpia, passando por Monte Azul Paulista, com a duplicação de 2,7 quilômetros no perímetro urbano de Bebedouro. As intervenções começaram no fim de agosto.
 A obra está sendo executada em duas frentes. A primeira inclui a duplicação entre o km 395,80 e o km 398,50, em Bebedouro, e a recuperação e faixas adicionais entre o 398,50 e o 426,60. A segunda contempla as melhorias entre o km 426,60 ao km 449,01.
O deputado estadual Roberto Engler entrou na luta pelas melhorias no início de 2011.
Segundo informações do DER o VDM (Volume Diário Médio) do trecho da Rodovia Armando Sales de Oliveira entre Bebedouro e Olímpia é de 9.000 veículos, considerado alto. As cidades diretamente atingidas pelas melhorias no trecho são Bebedouro, Monte Azul Paulista, Cajobi, Severínia e Olímpia, além de outros municípios da região e motoristas de todo o Estado que usam a via constantemente.