14/11/2012

CDHU reafirma 200 casas populares para Monte Azul Paulista

Roberto Engler

Companhia vai vistoriar área que, se aprovada, deve ser desapropriada

14/11/2012 - Em reunião realizada ontem (13), na CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), em São Paulo, o compromisso de construção de 200 casas populares em Monte Azul Paulista foi reafirmado. O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) e o prefeito eleito Paulo David (PSDB) se reuniram com o secretário estadual de Habitação, Silvio Torres. A companhia vai vistoriar nova área que, se aprovada, pode receber as unidades habitacionais.
O assunto das casas tem sido liderado pelo vice-prefeito e prefeito eleito Paulo David há um ano. Em outubro do ano passado, também na companhia do deputado Roberto Engler, outra audiência já havia sido realizada em São Paulo.
Na oportunidade, o secretário Silvio Torres condicionou a construção à disponibilização de um terreno. O local inicialmente proposto pela Prefeitura de Monte Azul Paulista esbarrou em exigências ambientais, especialmente de Saneamento Básico. O plano de Paulo David, agora, é a desapropriação de outra área, próximo ao bairro São Felipe.
Há a expectativa de que, neste caso, o futuro conjunto habitacional possa se valer da estrutura de Saneamento já existente no município. “A avaliação do pessoal da CDHU vai incluir essa questão do Saneamento Básico, se tem queda suficiente do terreno para a lagoa. Também por isso, desejo acompanhar a visita dos técnicos”, diz Paulo David.
“O plano das 200 casas permanece e a intenção é viabilizar essa conquista ao longo de 2013”, atesta o deputado Roberto Engler. “Os processos de aprovação de área, projeto, licitação, são demorados, ainda mais em empreendimentos numerosos como será esse, mas com trabalho e boa vontade vamos vencer os obstáculos”, completa ele.
Em abril deste ano, a CDHU entregou 83 casas em Monte Azul Paulista, no Conjunto Habitacional Paulo Gurjon. A CDHU investiu R$ 2,9 milhões na construção do empreendimento, erguido em parceria com o município.