05/11/2012

Raul Furquim: DER paralisa obras da Armando Sales

Roberto Engler

Máquinas deixam de trabalhar até solução para interrupção da Av. Raul Furquim

 

05/11/2012 - O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) recebeu, na noite de hoje (5), informação do superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Clodoaldo Pelissioni, dando conta de que a duplicação e a construção de terceira faixa na Rodovia Armando Sales de Oliveira serão paralisadas até que o problema de interrupção da Avenida Raul Furquim, em Bebedouro, seja resolvido.
Pelo projeto do departamento, a duplicação da rodovia no perímetro urbano de Bebedouro dividiria a Avenida Raul Furquim em duas, sem viaduto que permita o tráfego de veículo de um lado para o outro, “isolando” 15 bairros da zona norte e contrariando o Plano Diretor da cidade.
O deputado Roberto Engler tem conversado com o superintendente do DER sobre o assunto há aproximadamente 15 dias, desde que o Movimento Raul Furquim sem Fim foi deflagrado. “A intenção é que um encontro envolvendo as lideranças de Bebedouro seja agendado em São Paulo com a finalidade de resolver a questão”, diz o deputado.
Até sexta-feira (9), Pelissioni planeja reunir todos os estudos necessários para embasar uma solução que impeça a interrupção da avenida com a duplicação da rodovia. “Somente com as informações técnicas completas, será possível avaliar uma alternativa que esteja alinhada com o clamor público, que já ficou claro: é contrário à interrupção da Raul Furquim”, afirma Engler.
De acordo com o superintendente do DER, a partir da próxima semana, uma data será escolhida para a realização de um encontro em São Paulo. Na oportunidade, lideranças de Bebedouro, acompanhadas de Engler, farão a defesa da continuação da avenida e ouvirão as opções técnicas de solução para o problema apresentadas pelo departamento.
“A intenção é que todos aqueles que já agiram para resolver a questão, incluindo a Imprensa, possam participar da reunião”, revela Engler. “Toda a mobilização feita até aqui é fundamental para expor claramente a vontade da cidade e serve como instrumento de pressão, como argumento, na luta por um bom desfecho deste caso”, completa ele.
O parlamentar tucano elogiou a disposição de diversos políticos da cidade, vereadores atuais e eleitos, prefeito, vice-prefeito e prefeito eleito, e da Imprensa bebedourense na direção de sensibilizar o Governo do Estado. Mencionou, especialmente, o líder do Movimento Raul Furquim sem Fim, Camilo Souza Cruz.
“Por meio do vereador eleito Beto Mazzeu, tenho buscado agir conjuntamente com o movimento. De posse de informações concretas, falei, inclusive, na noite de hoje (5), com o Camilo, coordenador do movimento, deixando-o a par deste e dos próximos passos para que possamos fazer valer a vontade Bebedouro neste caso”, relata Engler.
A preocupação para uma solução viável, definitiva e rápida é comum ao deputado e ao DER. “Acredito que não há tempo a perder, já que o apelo do assunto é enorme e também porque atrasar o cronograma das melhorias não interessa a ninguém”, diz Engler.