10/05/2022

Maio Amarelo defende ações responsáveis no trânsito

Campanha foi oficializada por lei estadual do deputado Roberto Engler

Com o lema Juntos Salvamos Vidas, começou o Maio Amarelo. Em São Paulo, a lei 17.454, de autoria do deputado estadual Roberto Engler (PSDB) oficializou a campanha, com ações de prevenção e educação pela diminuição de vítimas e acidentes de trânsito.

De acordo com a lei, fica a cargo do Detran coordenar as ações em apoio ao Movimento Maio Amarelo no âmbito do Governo do Estado, podendo o órgão buscar apoio de entidades privadas e do terceiro setor para realizá-las. A intenção é promover a reflexão sobre as práticas diárias no trânsito.

"Neste ano, a mensagem adotada pelo Movimento Maio Amarelo é certeira: todos temos a nossa responsabilidade para alcançar um trânsito mais seguro. Passa por ter atenção e respeito e agir solidária e humanamente. O Governo do Estado é apoiador da campanha e esperamos que esse apoio se converta em ações que a reforcem”, diz o deputado Roberto Engler.

O Maio Amarelo surgiu mundialmente há mais de dez anos. O movimento é similar a outros, como o Outubro Rosa (em prol do combate ao câncer de mama) e o Novembro Azul (a favor do combate ao câncer de próstata e já oficializado em São Paulo pela lei 15.430, de autoria do próprio deputado Roberto Engler).

Segundo dados da ONU, cerca de 1,3 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito a cada ano. Somente no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, são cerca de 32 mil vítimas.