22/05/2012

Licitação de projeto da Rio Negro e Solimões em fase final

Roberto Engler

Projeto é condição para licitar da obra, o que pode ocorrer ainda em 2012

 

22/05/2012 - A contratação de projeto para pavimentação da Rodovia Rio Negro e Solimões (Estrada Velha Franca-Batatais) está chegando à sua fase final. Restam detalhes para que o DER homologue a licitação que definirá a empresa responsável por elaborar o projeto.
No próximo dia 30, devem ser abertos os envelopes com a documentação apresentas pelas concorrentes. No dia 17 deste mês, a classificação preliminar da concorrência pública foi publicada no Diário Oficial e, caso não haja imprevistos, deve ser confirmada no fim do mês. “São os passos burocráticos e metodológicos normais e necessários do processo”, explica o deputado Roberto Engler.
 O tucano usa uma metáfora para explicar o que significa a contratação da empresa que vai realizar o projeto. “Quando você vai construir uma casa, o que você faz primeiro? A planta, certo? Então, a empresa contratada seria o arquiteto, quem faz a planta da obra. Só com o projeto é que se pode licitar a obra propriamente dita”, diz Engler.

 

A OBRA
O projeto de intervenções na Rodovia Rio Negro e Solimões prevê dois trechos de pavimentação, entre os quilômetros 354,6 e 378,2 e 387 e 398,4. Contempla, ainda, outros dois segmentos de recuperação do asfalto, entre os quilômetros 352,3 e 354,6 e 378,2 e 387. Além disso, toda a estrada deve ganhar acostamento novo. “Chamamos de pavimentação por dois motivos: primeiro, porque vai completar toda a extensão da estrada e, segundo, porque onde há asfalto a condição está muito ruim”,
Em fevereiro deste ano, atendendo reiterados pedidos do deputado Roberto Engler, o DER antecipou o cronograma de obras da estrada. “Inicialmente, essa fase de projeto que estamos atravessando só ocorreria no fim de 2012. Da forma como conseguimos caminhar, existe a chance de termos licitação da obra ainda este ano e início das melhorias no primeiro semestre de 2013. Vamos torcer, acompanhar e trabalhar”, afirma Engler.
Há algum tempo, o parlamentar tem tratado do assunto com o DER. “Havia a expectativa de que a pavimentação saísse ainda em 2009, porém houve imprevisto financeiro e as intervenções foram postergadas. Por essas razões, a projeção deve ser tratada com cuidado, com cautela. Em todo caso, seguimos batalhando para que tudo transcorra o mais rápido possível”, revela.
O deputado recebe constantemente manifestações de moradores e produtores que utilizam a via, tanto de Franca, quanto de Batatais, solicitando a obra. “Principalmente em tempos de chuva, sei que os transtornos para quem necessita passar pela estrada são sucessivos”, diz Engler.