20/04/2012

Pontal quer transformar armazém antigo em espaço cultural

Roberto Engler

Município aguarda liberação de R$ 650 mil do Governo do Estado

20/04/2012 - A Prefeitura de Pontal, por meio de sua Diretoria de Cultura e Turismo, planeja transformar um armazém ferroviário e outras construções históricas em um grande espaço cultural. O projeto prevê a revitalização de edificações já erguidas, com as devidas adaptações para transformá-las em um auditório cine-teatro com 210 lugares e uma ampla sala de exposições.
O município busca apoio do Governo do Estado para financiar o projeto. Com a intermediação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o prefeito Antonio Frederico Venturelli (PMDB), a diretora municipal de Cultura e Turismo, Adriana Cardoso P. Silva, o chefe da Casa da Cultura, Márcio Lopes, estiveram em São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes, tratando da liberação de R$ 650 mil.
O antigo armazém ferroviário foi construído em 1904, tem 650 metros quadrados e se localiza em área de 50 mil metros quadrados, ao lado de outras construções históricas, a uma distância de 100 metros da Praça da Matriz, no coração da cidade.
O complexo ferroviário reúne outras condições que o tornam especial, como o fato de se localizar num entroncamento das antigas ferrovias Paulista e Mogiana, ostentando características da arquitetura de ambas, fato raro no Estado e no País. Além disso, se trata de edificação de carga e descarga interna, outra qualidade singular. “Segundo parecer de alguns arquitetos ferroviaristas, no estado de conservação em que se encontram, não há, no Brasil, construções como estas”, disse a diretora de Cultura, Adriana Cardoso.
Em relação à possibilidade de apoio ao projeto por parte do Governo do Estado, o deputado Roberto Engler está otimista. “A proposta tem características que se enquadram dentro do que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) costuma apoiar. Acredito no sucesso de nossa reivindicação”, afirmou Engler.

 

CAMINHOS DA CANA
Depois de concluído, o projeto será um dos pontos turísticos de Pontal no Circuito Turístico Regional Caminhos da Cana, que reúne municípios da região e é desenvolvido pela Associação Regional de Desenvolvimento Turístico Caminhos da Cana.
O espaço cultural ainda deve reviver seus tempos de “estação ferroviária” a partir de parceria entre os municípios de Sertãozinho e Pontal, com apoio de associações e da iniciativa privada, para a implantação do chamado Trem da Cana, que vai percorrer trajeto entre as duas cidades.