03/04/2012

Terra Roxa receberá recursos para Saúde

Roberto Engler

Governo do Estado vai liberar verbas reforma de Centro de Saúde e ambulância

 

03/04/2012 - Com a intermediação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o Governo do Estado de São Paulo deve liberar R$ 189 mil para investimentos na área de Saúde em Terra Roxa. Os recursos são resultado de pedidos do deputado, do prefeito Marcelino Abbes (PMDB) e do vereador Paulinho Guiselini (PSDB).
 R$ 100 mil devem ser investidos na reforma do Centro de Saúde Laura do Val Cervi e outros R$ 89 mil custearão o repasse de uma ambulância. A primeira verba deve ser enviada ao município depois de formalização de convênio. Já a ambulância deve ser adquirida pelo próprio Governo do Estado e entregue à Prefeitura no segundo semestre deste ano.
O processo de troca de documentação para formalização do convênio para o Centro de Saúde acaba de ser iniciado. Dentro de algumas semanas, o prefeito Marcelino Abbes deve ir a São Paulo para assiná-lo. “Toda a expectativa é que os R$ 100 mil cheguem aos cofres do município ainda neste semestre”, diz Engler.

 

OBRAS VIÁRIAS
Na última semana, o deputado Roberto Engler se reuniu com o superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Clodoaldo Pelissioni, e tratou de demandas viárias de Terra Roxa. Engler solicitou o recapeamento da SP-353 (acesso a Terra Roxa a partir da Rodovia Brigadeiro Faria Lima) e tratou também da pavimentação de vicinais que circundam a cidade.
O primeiro pedido está em estágio mais avançado. Estima-se que cerca de R$ 10 milhões precisam ser investidos para viabilizar a obra. Segundo a conversa que Engler teve com Pelissioni, o DER vai atualizar os dados da estrada, como movimento diário e condições do pavimento. Em 2009, cerca de 1.850 veículos passavam pelo trecho diariamente. “Esses estudos servem para pautar a necessidade técnica da obra, fator decisivo para a obtenção de autorização do governador Geraldo Alckmin (PSDB)”, explica o deputado.
Com relação à pavimentação dos anéis viários da cidade, a perspectiva de sucesso é mais distante. O Governo do Estado está investindo pouco em obras em vicinais. “Registramos o pedido para que no momento oportuno possamos ter êxito também nessa reivindicação”, esclarece Engler.

 

OBRAS NA REGIÃO
A audiência no DER serviu para Engler tratar de diversas melhorias viárias na região. O deputado trabalha para acelerar obras nas rodovias Brigadeiro Faria Lima, Armando de Sales Oliveira e Assis Chateaubriand. As três estradas terão obras neste ano.
A duplicação de 5,5 kms da Rodovia Brigadeiro Faria Lima em Barretos e a implantação de faixas adicionais e pavimentação de acostamentos, com recape, nos 36 kms restantes até a cidade de Colômbia, teve problemas em sua licitação. A expectativa é de que em 30 dias seja anunciada a empresa vencedora da concorrência pública. “A partir disso, esperamos máquinas na pista em junho”, diz Engler.
A Rodovia Armando Sales de Oliveira deve ganhar 3ª faixa entre Bebedouro e Olímpia, passando por Monte Azul Paulista, e duplicação de 2,7 kms no perímetro urbano de Bebedouro. “A estimativa inicial de investimento é de pelo menos R$ 100 milhões”, afirma o deputado Roberto Engler. A licitação das melhorias está em curso e deve ser finalizada em maio.
A Assis Chateaubriand receberá o maior investimento previsto, cerca de R$ 300 milhões em intervenções de recapeamento, faixas adicionais e pavimentação de acostamentos de São José do Rio Preto a Miguelópolis, além de dois trechos urbanos de duplicação, em Rio Preto (12 kms) e Barretos (10 kms). São 156 kms de via com melhorias. “E a garantia de que na região de Barretos, Colina, Guaíra, Miguelópolis tenhamos obras ainda neste ano”, ressalta Engler.
Outra importante estrada que deve receber obras de recape e pavimentação dos acostamentos é a SP-413 – Norival Pereira Mattos, que leva à divisa de Minas Gerais e à Usina Volta Grande, partindo da SP 425 – Assis Chateaubriand, devem ser iniciadas ainda em 2012, via importante para as cidades de Miguelópolis e Guaíra.
A informação foi obtida pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) e pelo vereador de Guaíra, José Reginaldo Moretti (PSDB), durante audiência com o superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Clodoaldo Pelissioni. Previsão mais exata data para novembro o início das intervenções. O cronograma depende do bom andamento dos processos legais de licitação. A publicação da concorrência pública para a obra está prevista para julho.
O investimento estimado, de R$ 28 milhões, seria arcado com financiamento internacional junto ao Banco Mundial. No entanto, o péssimo estado da rodovia fez com que o Governo do Estado retirasse a estrada do pacote que terá financiamento internacional e decidisse realizar a obra com recursos próprios. “É uma boa notícia, sem dúvida. A população de Guaíra e da região agradece”, afirma o vereador Moretti.
No início do mês, o DER publicou edital para contratar empresa que executará o projeto das obras. O documento prevê revisão do projeto que o departamento já tem e cita explicitamente a preocupação de “recuperar o pavimento existente”.