27/03/2012

Daesp dá mais um passo para reformas no aeroporto

Roberto Engler

Bom andamento da licitação permite previsão de obras para abril

 

27/03/2012 - O Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) homologou a licitação de reformas no Aeroporto Tenente Lund Presotto. O ato foi publicado no Diário Oficial de hoje (27) e é um passo a mais para que as obras comecem o mais rápido possível, quem sabe até já em abril. O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) tem liderado o trabalho pelas melhorias que podem significar a volta de vôos comerciais a Franca.
As reformas previstas para o Lund Presotto, a ampliação do pátio de aeronaves, do espaço de manobras das aeronaves, do preparo de embarque e desembarque, dos acessos e do estacionamento de veículos, a urbanização e a adequação das pistas de rolamento.
Há dez dias, foram abertas as propostas das construtoras interessadas em realizar as reformas. O investimento inicial, estimado em 3,2 milhões, caiu para R$ 2,6 milhões, proposta oferecida pela primeira colocada na concorrência, uma empresa de Franca.
A homologação da concorrência deve ser sucedida da complementação das exigências por parte da construtora vencedora e pela emissão da ordem de serviço. Essas etapas devem levar alguns dias, mas é possível que em cerca de 30 dias, as melhorias sejam iniciadas. O prazo total de obra previsto é de até 180 dias.
“Se for mesmo assim, até o fim de outubro, essa parte das melhorias estaria pronta”, diz Engler. “Vale lembrar que ainda temos a expectativa de outros investimentos, principalmente em equipamentos, previstos para 2012”, acrescenta ele.

 

VÔOS COMERCIAIS
Segundo informações do Daesp, órgão que administra mais de 20 aeroportos em todo o Estado, a Azul Linhas Aéreas manifestou interesse em utilizar o Aeroporto Tenente Lund Presotto para operar vôos comerciais no segundo semestre deste ano.
À Imprensa da cidade, a empresa confirmou o interesse, mas ressaltou que não há nada concreto ainda. “O interesse de uma ou mais empresas é o que justifica os investimentos do Estado e o que nos deixa mais felizes. Vamos aguardar e trabalhar para que o interesse se confirme”, afirma.
A Azul foi fundada há três anos e, desde o fim de 2011, é considerada a terceira maior empresa de aviação do Brasil, atrás somente das líderes TAM e GOL. Com uma fatia de quase 10% do total, é também a empresa que mais cresce no mercado nacional.
O parlamentar francano ressalta que o sucesso da negociação com a Azul ou com outras empresas para operar no Lund Presotto significa muito para a cidade. “Não ganha só quem viaja e utiliza diretamente o serviço da empresa aérea. Ganha a cidade, com oportunidade de negócios, turismo, geração de emprego e de renda”, diz.

 

MAIS REFORMAS
De acordo com comunicado oficial enviado pelo departamento ao deputado, outros investimentos devem ser realizados pelo Governo do Estado no Aeroporto Tenente Lund Presotto, especificamente na área de equipamentos. Cerca de R$ 3 milhões serão gastos para melhorias no terminal de passageiros, nos equipamentos para inspeção de bagagens (raio-x), na seção de combate a incêndio e nos sistemas de auxílio e proteção ao vôo.
“Cada centavo deste é um motivo a mais, juntamente com a demanda de uma população com mais de 300 mil habitantes, para que a cidade possa voltar a ter vôos comerciais”, ressalta Engler.

Foto: Assessoria/Daesp