09/03/2012

DER licita projeto para recape da SP-413 (Volta Grande)

Roberto Engler

Edital enfatiza necessidade de “recuperação do pavimento” da rodovia

 

09/03/2012 - O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) publicou edital para contratar a empresa que executará o projeto de recape e pavimentação dos acostamentos da SP-413 – Norival Pereira Mattos, que leva à divisa de Minas Gerais e à Usina Volta Grande, partindo da SP 425 – Assis Chateaubriand. O projeto é etapa que antecede a concorrência para a execução das obras.
 O edital licitatório prevê que o projeto que o departamento já tem seja revisto e cita explicitamente a preocupação de “recuperar o pavimento existente”. “Creio que essa exigência técnica clara seja em razão da condição ruim em que a estrada se encontra neste momento”, diz o deputado estadual Roberto Engler (PSDB), que tem sido o interlocutor da região junto ao Governo do Estado para que a obra seja liberada.
A abertura das propostas da licitação está prevista para o dia nove de abril. A contratação do projeto caminha paralelamente ao processo de financiamento que o Governo do Estado de São Paulo busca junto ao Banco Mundial.
A instituição financeira internacional deve financiar os cerca de R$ 28 milhões que serão investidos na estrada, segundo estimativas. “O projeto definitivo de acordo com a necessidade de agora vai permitir inclusive definir o valor atualizado da obra”, pondera Engler. Enquanto a recuperação completa da estrada não acontece, a diretoria regional do DER em Barretos tem buscado aliviar a situação da estrada, no entanto a situação permanece muito complicada. “Nem mesmo o tapa-buracos é capaz de amenizar os problemas, já que o estado de conservação realmente está muito ruim”, afirma o deputado.
Engler tem trabalhado pela recuperação da SP-413 depois de reivindicações feitas pelo vereador José Reginaldo Moretti (PSDB), vice-prefeito Edvaldo Morais (PSDB) e pela Imprensa de Guaíra. “Essa sinalização é muito importante para que saibamos prioridades da cidade e da região”, diz o tucano.

 

FÓRUM
A Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania vistoriou ontem (8) a área do novo Fórum de Guaíra. O terreno disponibilizado pela Prefeitura de Guaíra para a obra fica no bairro Campos Elíseos. Por solicitação do deputado estadual Roberto Engler, o Governo do Estado investirá R$ 7 milhões na nova Casa de Justiça da cidade.
A vistoria serve para que a secretaria avalie se o espaço está dentro do esperado para abrigar o imóvel. “É uma das etapas necessárias para que o município faça a doação do terreno ao Estado. Só depois disso, vem a fase de licitação da obra propriamente dita”, diz Engler.

 

ETEC
Processo parecido está acontecendo para que Guaíra possa ter a sua Etec (Escola Técnica), também com a intermediação do deputado Roberto Engler. A Prefeitura disponibilizou outra área para a escola, porém o imóvel tem 17 mil metros quadrados e precisa ser desmembrado para que o processo continue seguindo.
Nesta semana, Engler esteve no Centro Paula Souza, reunido com a superintendente do órgão, que toma conta das Etecs de todo o Estado, a professora Laura Laganá, e renovou a garantia de que o Paula Souza e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia vão financiar a construção a obra, faltando somente o repasse do terreno do município para o Estado.

 

CSU
Há 15 dias, deu entrada na Assembleia Legislativa de São Paulo o projeto de lei 80/2012, de autoria do Poder Executivo do Estado de São Paulo, que prevê que o município de Guaíra receba, em doação, imóvel de 17 mil metros quadrados (na Rua 28), onde funciona o CSU (Centro Social Urbano).
A proposta teve como articulador o deputado Roberto Engler que, depois de pedidos feitos pelo prefeito José Carlos Augusto (DEM), por seu vice Edvaldo Morais e pelo vereador José Reginaldo Moretti, atuou para acelerar a formalização da doação.