13/02/2012

Engler assume reivindicações de Patrocínio e Pedregulho

Roberto Engler

Visita a novo Acessa SP e à quadra do João Paulo II compõem agenda
 
13/02/2012 - A cobertura das quadras de duas escolas estaduais de Pedregulho, a construção de uma nova escola em Patrocínio Paulista e a liberação de R$ 50 mil para o Lar São Vicente de Paulo, asilo patrocinense, são metas assumidas pelo deputado Roberto Engler (PSDB). As reivindicações foram apresentadas em reuniões realizada na manhã de hoje (13) com vereadores dos dois municípios.
Os vereadores Raimundo Lobão (PSDB) e Zezinho do Galego (PMDB), de Pedregulho, solicitaram ao deputado empenho no sentido de conseguir, junto à Secretaria Estadual de Educação, a cobertura da quadra das escolas estaduais dos distritos de Igaçaba e de Alto Porã. 
“É uma solicitação que começaremos do zero, mas a defesa feita pelos vereadores foi muito bem fundamentada e buscaremos usar a experiência que já temos neste tipo de obra para que tenhamos sucesso”, disse Engler. O deputado já conseguiu diversas obras similares em toda a região, com destaque para a marca de ter intermediado a cobertura de todas as quadras de escolas públicas estaduais em Franca.
Três vereadores de Patrocínio Paulista também se reuniram com o parlamentar tucano nesta manhã: Néria Lucio Buzatto, Valdete de Jesus e José Claudio de Figueiredo, todos do PT. Vários assuntos foram discutidos, entre eles a liberação de uma nova escola para a cidade, o processo de construção de casas populares e a liberação de recursos para o Lar São Vicente de Paulo.
Sobre a escola, Engler teve resposta negativa por parte da Secretaria de Educação, no entanto, pretende reverter a sinalização. “Busquei me certificar de que tecnicamente a demanda era pertinente, porém a resposta de São Paulo não foi no sentido do que achávamos. Ainda vou verificar o que pode ter ocorrido para que o parecer da secretaria seja diferente do que se verifica aqui, na cidade”.
O deputado frisou ainda que a construção de 200 casas populares na cidade está reafirmada por parte do Governo do Estado, no entanto resta ao município preparar a área que vai receber as moradias.
Por fim, ficou acertado que Engler vai iniciar tratativas para que o Lar São Vicente de Paulo receba R$ 50 mil em recursos estaduais. O dinheiro deve ser utilizado para ampliar a da capacidade de idosos abrigados pela entidade. “Dentro do perfil que construímos ao longo dos anos, o investimento no ser humano é prioridade”, ressaltou o tucano.
O último tema do encontro entre Engler e os vereadores de Patrocínio Paulista pode ter amplitude regional: a legalização do transporte alternativo nas cidades da região junto à Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo). 
Vans, peruas, micro-ônibus, de municípios vizinhos a Franca, que fazem o trajeto de seus municípios até a cidade e acabam atendendo uma parcela significativa da população muitas vezes sofrem com a fiscalização da agência em razão de não terem a devida autorização para trabalhar. “A reivindicação existe, inclusive com a participação do Ministério Público na demanda, e acredito que posso atuar como mais um elemento em meio à negociação com o Governo do Estado”, afirmou Engler.