03/07/2020

Roberto Engler solicita mais 20 leitos de UTI para a Santa Casa

Deputado conta com a ajuda de outras lideranças parlamentares para agilizar pedido

Com apoio de outras lideranças da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o deputado estadual Roberto Engler (PSB) trabalha pela liberação de equipamentos que permitam a instalação de 20 novos leitos de terapia intensiva destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 na Santa Casa de Franca. O pedido tem boas chances de ser atendido.


O parlamentar francano enviou ofício ao governador João Doria (PSDB), evidenciando a difícil situação vivida por Franca e região, que possuem o menor números de leitos de UTI para Covid-19 entre todas os Departamentos Regionais de Saúde. 


Ao mesmo tempo, Roberto Engler conta com a articulação do líder do PSB na Assembleia Legislativa, deputado Vinícius Camarinha, e do líder do Governo, Carlão Pignatari (PSDB), que já apresentaram, ontem (2), a mesma demanda ao Governo do Estado.


“Ontem (2), tive uma boa conversa com o colega Vinícius Camarinha, que abraçou a nossa solicitação. O deputado Carlão Pignatari também já está a par e agindo como mais um interlocutor. Temos a expectativa de que o Governo atenda o pedido, já que se trata de uma necessidade clara”, afirma o deputado Roberto Engler.


“Soube que a deputada Delegada Graciela (PL) também está se movimentando no sentido de obter mais leitos de UTI para a Santa Casa e essa soma de esforços é fundamental. Somente com a participação de todas as lideranças políticas da cidade teremos sucesso”, completa o deputado, que já havia recebido manifestação do vereador Della Motta (PODE), com a mesma preocupação.


“Confesso que a informação de que a região de Franca é a que conta com menos leitos para Covid-19 em todo o estado é muitíssimo preocupante. É por isso que há urgência e também por isso que acreditamos que o Executivo possa nos ouvir”, diz Roberto Engler



FINANCIAMENTO
No ofício enviado ao governador João Doria, o deputado Roberto Engler encaminha correspondência assinada pelo presidente da Santa Casa de Franca, Tony Graciano. O texto do documento menciona ainda pedido para que o Governo do Estado libere verbas para custeio dos atuais leitos de Covid-19.


Hoje, a Santa Casa possui 24 leitos clínicos, 17 leitos de UTI adulto e 5 leitos de UTI infantil destinados ao tratamento de casos da pandemia. Segundo o hospital, o custo de mobilização para funcionamento dessas vagas está sendo arcado com recursos próprios.


Para manter o atendimento, a Santa Casa de Franca solicita ao Governo do Estado de São Paulo o pagamento da primeira parcela do plano de trabalho montado para combate ao Coronavírus na região de Franca. “O financiamento do atendimento prestado é outro ponto essencial”, ressalta o deputado estadual Roberto Engler