26/11/2019

Lei oficializa denominação de acesso na Ronan Rocha

Proposta do deputado Roberto Engler homenageia Dona Marianinha

A Lei Estadual 17.211/2019, de autoria do deputado estadual Roberto Engler (PSB), deu o nome de Mariana Cândida Alves (Dona Marianinha) ao acesso e retorno localizado no quilômetro 11,1 da Ronan Rocha, em Itirapuã. A norma é oriunda do projeto de lei 116/2019, foi sancionada pelo governador João Doria (PSDB) e publicada no Diário Oficial de sábado (23).

A homenagem ocorre depois de indicação feita ao deputado pelos vereadores itirapuanenses Edgar do Carmo Alves e Silva (PSB), Raquel Cristina Dias (PSDB), Sandra Conceição Martins Alves (PSDB) e Silvia de Souza André Melo (PSDB). 

Nascida em Patrocínio Paulista, em 1935, Dona Marianinha viveu por quase seis décadas em Itirapuã e foi uma figura engajada na comunidade, como comerciante e com ativa participante da Igreja Católica.

Casada com Antonio Alves Neto, foi mãe de seis filhos: Antônio Mauro Alves, Marcos Henrique Alves, Lázaro Antônio Alves, Ângela Maria Alves, Gerson Luiz Alves e André Luiz Alves. 

Colaborou com o orçamento familiar por meio da revenda de cosméticos e também com o comércio de doces, salgados e bolos de aniversário. Depois de muito empenho, realizou o sonho de montar uma loja de confecções, ponto comercial ainda em atividade.

Em 1992, foi uma das fundadoras do Movimento da Renovação Carismática da Igreja Católica de Itirapuã, do qual fez parte do Conselho Administrativo, realizando campanhas de donativos e quermesses. Seu trabalho permitiu a realização de diversas melhorias. 

Faleceu em setembro de 2011.