25/11/2019

Projeto dá nome de dentista francano a dispositivo na Portinari

Proposta do deputado Roberto Engler homenageia o Doutor Paulo Gera

imagem_destaque

Doutor Paulo Gera

O deputado estadual Roberto Engler (PSB) apresentou o projeto de lei 1225/2019, que denomina Doutor Paulo Gera dispositivo de acesso e retorno localizado no quilômetro 387,7 da Rodovia Cândido Portinari, em Restinga. A proposta foi publicada no Diário Oficial há uma semana e inicia nas comissões da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo nos próximos dias.

“Uma das pessoas mais solidárias que já conheci. Todos aqueles que conviveram com o Doutor Paulo Gera sabem o quanto ele dedicou sua vida e sua profissão a ajudar os outros, em especial os que mais precisam. É uma simples, porém justa homenagem que propomos”, disse o deputado Roberto Engler.

Doutor Paulo Gera nasceu em Franca, em 1945. Neto de imigrantes italianos, seu pai era alfaiate e sua mãe, dona de casa. Estudou toda a sua vida em escolas públicas e, na juventude, vendeu livros e deu aulas de matemática. 

Em 1968, casou-se com Liliana Junqueira Villela, com quem teve dois filhos: Silvio e Ricardo. Em 1972, formou-se cirurgião-dentista na USP de Ribeirão Preto. Começou a trabalhar como dentista naquela cidade e, em 1980, mudou-se com a família para Franca. Montou consultório dentário na Rua General Carneiro e, posteriormente, na Rua Tomaz Gonzaga.

Ao longo dos anos, passou a ajudar a população menos favorecida em atendimentos cirúrgico-odontológicos na Santa Casa de Misericórdia, Pronto-Socorro, Hospital Allan Kardec e em outros estabelecimentos de Saúde da região, sempre sem cobrar nada por seus serviços. 

Durante a vida, foi totalmente desapegado dos bens materiais e da pretensão de ascensão econômica e social. A vocação de Paulo Gera para a solidariedade é reconhecida por todos que tiveram a chance de, com ele, conviver. Paulo Gera faleceu em 2008.