10/04/2019

Roberto Engler reitera pedido de asfaltamento da Estrada Velha

Reivindicação do parlamentar, obra é aguardada há anos

imagem_destaque

Imagem da estrada no sentido Franca a Batatais

O deputado estadual Roberto Engler (PSB) solicitou, à Secretaria Estadual de Logística e Transportes, a pavimentação da Estrada Velha Franca-Batatais (SP 336 - Rodovia Rio Negro e Solimões). Reivindicação do parlamentar, a obra é aguardada há anos.

Roberto Engler oficiou o secretário de Transportes, João Octaviano Machado Neto, ressaltando que a Estrada Velha é uma das únicas SPs sem asfalto em todo o estado de São Paulo.

“Ao longo dos últimos anos, avançamos junto ao DER até a conclusão do projeto de pavimentação, esbarrando, depois, na alegação de falta de recursos financeiros. O pedido ao novo secretário é mais uma forma de firmar posição e enfatizar a necessidade dessa obra”, disse o deputado estadual Roberto Engler.

A pavimentação completa da Estrada Velha incluiria 35 quilômetros de asfalto novo e recuperação de outros 11 quilômetros. A Estrada Velha Franca-Batatais dá acesso a uma série de propriedades rurais nas duas cidades. 

Segundo o projeto elaborado pelo DER, os trechos de pavimentação estão compreendidos entre os quilômetros 354,6 e 378,2 e 387 e 398,4. Os dois segmentos de recuperação do asfalto estão entre os quilômetros 352,3 e 354,6 e 378,2 e 387. 

“O pleito é pela revitalização completa da rodovia, mas, no momento oportuno, trataremos do assunto pessoalmente, para avaliar, ao menos, uma forma de iniciar as intervenções”, afirmou o deputado Roberto Engler.


CÂNDIDO PORTINARI E FÁBIO TALARICO
Ainda à Secretaria de Logística e Transportes, o deputado estadual Roberto Engler solicitou que sejam efetuados reparos na Rodovia Cândido Portinari, entre Franca e Rifaina, e na Rodovia Fábio Talarico. O pedido se pautou em manifestações de motoristas que reclamam da grande quantidade de buracos nas duas pistas.

“Diversos cidadãos relatam que a conservação da Cândido Portinari e da Fábio Talarico está deixando a desejar. Repassamos essa preocupação à secretaria, para que se avalie o porquê desse problema”, revelou o parlamentar.


Foto: Google Maps