02/05/2018

Maio Amarelo é campanha por mais segurança no trânsito

Proposta do deputado Roberto Engler quer oficializar o movimento

imagem_destaque

Imagem de divulgação da campanha

O mês de maio é marcado pelo Movimento Maio Amarelo, que tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção do Maio Amarelo é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. 

O deputado estadual Roberto Engler (PSB) é o autor do projeto de lei 844/2014, que oficializa o Maio Amarelo no âmbito do estado de São Paulo e está pronto ir a votação no plenário da Assembleia Legislativa.

“Cada um de nós tem o dever de zelar pela sua segurança e pela segurança do outro. Motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres, todos têm o dever de refletir sobre suas atitudes e priorizar as condutas que não oferecem riscos a si próprios e aos demais”, disse Roberto Engler.

A proposta do parlamentar prevê ações de prevenção e educação pela diminuição de vítimas e acidentes de trânsito. O projeto já recebeu pareceres favoráveis das comissões de mérito. As comissões de Finanças, Orçamento e Planejamento, de Constituição, Justiça e Redação e de Transportes e Comunicações deram seus avais à proposta. 

De acordo com o PL 844/2014, ficaria a cargo do Detran coordenar as ações em apoio ao Movimento Maio Amarelo, podendo o órgão buscar apoio de entidades privadas e do terceiro setor para colocá-las em prática. A intenção é promover a reflexão sobre as ações diárias no trânsito.

O Movimento Maio Amarelo surgiu mundialmente em 2011, quando a ONU (Organização das Nações Unidas) estabeleceu a atual década como a década de ações para segurança no trânsito. “Já temos iniciativas importantes ocorrendo no mês de maio e envolver o Governo na campanha busca fortalecê-la”, diz o deputado Roberto Engler.


NÓS SOMOS O TRÂNSITO
O ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária), uma das entidades que promovem ações do Maio Amarelo em todo o Brasil, neste ano está trabalhando com o slogan “Nós somos o trânsito”, que busca conscientizar as pessoas da importância de sua própria atenção e responsabilidade no momento em que estão inseridas no trânsito.

“É uma reflexão mais do que pertinente, uma vez que a grande maioria dos acidentes estão relacionadas a falhas humanas”, diz o deputado estadual Roberto Engler, que está reproduzindo conteúdos do ONSV por meio de suas redes sociais.


CORES PARA CONSCIENTIZAR
O Maio Amarelo é um movimento similar a outros, como o Outubro Rosa (em prol do combate ao câncer de mama) e o Novembro Azul (a favor do combate ao câncer de próstata e já oficializado em São Paulo pela lei 15.430, de autoria do próprio deputado Roberto Engler), que alcançam grande sucesso em suas ações. 

A escolha da cor remete ao semáforo, em que o amarelo significa atenção. “Vale a pena reafirmar que a ideia inicial do movimento é que cada um de nós reavalie a forma como se comportam quando deixam suas casas em direção ao trabalho, à escola ou a qualquer outro lugar. Ou seja, vale para os motoristas, mas não apenas para eles”, ressalta o deputado estadual Roberto Engler.

Segundo dados da ONU, mais de 1 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito a cada ano. Somente no Brasil, segundo dados da Organização Mundial de Saúde, são 44 mil vítimas. O País tem um pacto com a ONU para reduzir esse número de mortes em 50%, até 2020.