18/10/2017

Guariba conta com novo delegado

Pedido de lideranças municipais com apoio do deputado Roberto Engler foi efetiva

imagem_destaque

Calão, Francisco Mançano, Mágino Alves e Roberto Engler em reunião na capital

Guariba tem um novo delegado. Diversas reuniões e um esforço contínuo do prefeito de Guariba, Francisco Dias Mançano (PSB), do vereador José Carlos Caporusso, o Calão do Carvão Galeto (PEN), e do deputado estadual Roberto Engler (PSDB) garantiram a reposição de um responsável pela Polícia Civil na cidade.

Com a aposentadoria do delegado Doutor Izildo Aparecido Beltrame, o prefeito Doutor Francisco Mançano e as principais lideranças de Guariba iniciaram um movimento para sensibilizar o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e a Secretaria Estadual da Segurança Pública a nomear um novo profissional para atuar na cidade. Toda essa articulação teve a participação do deputado Roberto Engler, especialmente nas tratativas junto ao secretário estadual da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Na última semana, o prefeito recebeu em seu gabinete o novo delegado de Polícia Civil de Guariba, Doutor Renan Ongaratto de Andrade. Até dezembro, quando ocorrerá o desligamento definitivo do atual, a cidade contará com dois delegados. Além disso, dois novos investigadores também assumiram seus cargos e já estão trabalhando.

“É uma grande notícia. Sou testemunha do quanto o prefeito Doutor Francisco Mançano se esforçou para que Guariba fosse beneficiada com o destacamento de um delegado. Essa é uma prioridade que discutimos por diversas vezes. Fico muito feliz de termos, com o apoio do secretário Mágino Alves e o aval do governador Geraldo Alckmin, alcançado juntos esse objetivo", disse o deputado estadual Roberto Engler.

“Começamos esse trabalho, até mesmo antecipando a aposentadoria do Doutor Izildo, para que o município não ficasse nenhum dia sem essa importante autoridade. Sei que vários municípios não têm delegado e acredito que, diante do aumento na criminalidade que, infelizmente, temos enfrentado, ficar sem delegado pioraria muito a nossa situação”, afirmou o prefeito Doutor Francisco Mançano.


Foto: Guilherme Sanches/SSP-SP