27/09/2017

Guará vai investir R$ 110 mil em van para transporte de pacientes

Convênio assinado hoje na cidade é fruto de pedido do deputado Roberto Engler

imagem_destaque

Carreta da mamografia vai atender em frente à Unidade de Saúde Nossa Senhora das Graças

Em visita a Guará, na tarde de hoje (27), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Marco Aurélio Migliori (PSDB) celebraram convênio para repasse de R$ 110 mil em recursos estaduais destinados à compra de uma van para transporte de pacientes. A verba é fruto de pedido do deputado estadual Roberto Engler (PSDB).

Nos próximos dias, o dinheiro deve ser repassado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual da Saúde, ao município. Os R$ 110 mil a serem creditados para o município inicialmente estavam distribuídos em duas solicitações, uma delas de R$ 80 mil e já com a finalidade de compra de um veículo e outra, de R$ 30 mil, para a instalação de uma academia ao ar livre.

“Como o pedido da academia ao ar livre não avançou conforme esperado, unificamos as duas solicitações em uma só, permitindo ao município a compra de um veículo melhor, no caso a van. Fico feliz em saber que o convênio foi celebrado pelo próprio governador hoje (27) e que esse dinheiro poderá ser utilizado em benefício da população de Guará”, disse o deputado estadual Roberto Engler.


MULHERES DE PEITO
Durante a visita, o governador Geraldo Alckmin confirmou também o início dos atendimentos do Programa “Mulheres de Peito”, da Secretaria de Estado da Saúde, em Guará. Por meio de uma carreta móvel, que está na cidade, o programa oferece mamografias grátis sem necessidade de pedido médico para mulheres entre 50 e 69 anos de idade. O veículo vai permanecer no município até o dia 6 de outubro.

“Aqui no município de Guará, trouxemos a carreta mulheres de peito. Nós estamos fazendo um trabalho de prevenção do câncer de mama de todo o Estado de São Paulo”, disse o governador Geraldo Alckmin durante a chegada da carreta à cidade.

O governador aproveitou para orientar sobre o atendimento prestado pelo Governo do Estado em relação à saúde das mulheres. “Além das carretas temos uma central telefônica para as mulheres poderem fazer a mamografia, se precisar o ultrassom, se precisar faz a biópsia e tratamento”, disse Alckmin.

A carreta ficará estacionada na Rua Prudente de Moraes, 1083, centro, em frente à Unidade de Saúde ESF Nossa Senhora das Graças. Ela oferece exames de mamografia de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas, exceto feriados.

As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Sedi (Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem), serviço da secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sai em até 48 horas após a realização do procedimento.

Para as mulheres entre 50 e 69 anos de idade, não há necessidade de pedido médico de mamografia para a realização do exame nas unidades móveis. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os exames, desde que tenham em mãos um pedido médico que pode ter sido emitido tanto pela rede pública quanto particular.

A iniciativa da secretaria tem como objetivo ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o estado. Para isso, cinco carretas-móveis percorrem os municípios paulistas ininterruptamente.

As unidades móveis de mamografia contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além do mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.


Foto: Alexandre Carvalho/A2img/SPNotícias