14/06/2017

Regularização do prédio da Fatec de Franca é discutida em audiência

Assunto é determinante para melhorias e expansão da faculdade

imagem_destaque

Laura Laganá e Roberto Engler

A regularização do prédio da Fatec (Faculdade de Tecnologia) Doutor Thomaz Novelino, de Franca, voltou a ser tema de audiência em São Paulo. O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) se reuniu com a professora Laura Laganá, superintendente do Centro Paula Souza, na manhã de ontem (13), tentando resolver a questão. 


A solução da titularidade do terreno da Fatec de Franca, que deve ser do Paula Souza, é essencial para a execução de melhorias no prédio da faculdade, bem como para a expansão da oferta de cursos e de vagas. Atualmente a unidade oferece 180 vagas gratuitas para os cursos de Gestão da Produção Industrial, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Gestão Empresarial.


A Fatec de Franca funciona no prédio do antigo Cefam, na Vila Imperador. O imóvel reúne condições singulares, pois o terreno é de propriedade do município e o prédio erguido na década de 1980 é de propriedade do Governo do Estado. No ano passado, a Câmara Municipal de Franca aprovou a doação do terreno ao Centro Paula Souza, no entanto a aceitação do imóvel ainda depende de parecer jurídico.


A Procuradoria do Estado de São Paulo questionou alguns detalhes do processo de doação, em especial o fato de que um convênio celebrado entre município e Governo do Estado quando da instalação da Fatec previa que algumas reformas no prédio fossem feitas pela Administração Municipal, o que não ocorreu em sua totalidade.


“O Centro Paula Souza vai oferecer, em breve, esclarecimentos adicionais à procuradoria. Temos a esperança de que as informações que serão repassadas possam resolver a questão, para que tenhamos o aval jurídico que falta para a cessão ser definitivamente efetivada. A partir disso, o caminho para o desenvolvimento da nossa Fatec de Franca estará desobstruído”, disse o deputado estadual Roberto Engler.



PEDREGULHO

Durante a audiência com a professora Laura Laganá, de acordo com solicitação do prefeito Dirceu Polo Filho (PSDB), o deputado Roberto Engler ainda solicitou a manutenção da oferta de vagas em classes descentralizadas de ensino técnico existente em Pedregulho. Os cursos são oferecidos pela Etec (Escola Técnica) Antonio de Pádua Cardoso, de Batatais.