02/05/2017

Roberto Engler coleta tarefas em Santa Bárbara d’Oeste

A convite do vereador Paulo Monaro, o parlamentar passou o dia na cidade

imagem_destaque

Deputado Roberto Engler na Câmara Municipal de Santa Bárbara d'Oeste

Em agenda recheada nesta terça-feira (2), o deputado estadual Roberto Engler (PSDB) se encontrou com diversas lideranças de Santa Bárbara d’Oeste e coletou tarefas de interesse do município. O parlamentar esteve na cidade a convite do vereador Paulo Monaro (SD) e, entre outros locais, visitou a Câmara Municipal.


No Legislativo da cidade, Roberto Engler fez uma explanação sobre os 25 anos de trabalho por Santa Bárbara e aproveitou para reafirmar o seu perfil de trabalho.


“Estou comemorando bodas de prata com Santa Bárbara d’Oeste. E o meu perfil é este mesmo. Conversar, entender as necessidades do município e trabalhar. Os resultados para Santa Bárbara são muitos porque a cidade é especial e tudo que a gente batalha tende a dar certo”, disse o parlamentar na tribuna da Câmara Municipal.


“Agradeço a todos os vereadores pelo carinho e pelo respeito e, em especial ao amigo e companheiro de longa data, Paulo Monaro, pelo convite e oportunidade para retornar ao município”, completou.


A fala de Roberto Engler na Câmara Municipal durou cerca de 15 minutos e foi sucedida por manifestações de diversos vereadores, que reconheceram o trabalho do deputado por Santa Bárbara d’Oeste e o parabenizaram por sua dedicação ao município.


Pouco antes de discursar no plenário, na companhia do vereador Paulo Monaro, o deputado Roberto Engler se reuniu com membros da Associação Comunitária Anunciação de Santa Barbara d’Oeste: Antonio Jenoel Carpin, Roseleine Furlan, José Carlos Casteletti, Maria Lúcia Berton Casteletti, José Fernando Polesi e Rafael Costalonga.


Seguindo caminho já trilhado pelo vereador em Santa Bárbara d’Oeste, Roberto Engler pretende apresentar projeto de lei que dê utilidade pública à associação. “Vamos avaliar os requisitos necessários para que a proposta possa ser apresentada na Assembleia Legislativa”, revelou o parlamentar.


Ainda no Legislativo Municipal, o deputado Roberto Engler atendeu a presidente da AMAI (Associação de Monitoramento dos Autistas Incluídos), de Santa Bárbara d’Oeste, Eufrásia Agizzio. Ela manifestou preocupação comum a muitas instituições do estado de São Paulo: alterações no Programa Nota Fiscal Paulista que podem prejudicar o repasse de recursos a entidades assistenciais.


Determinações do Governo do Estado pretendem fazer com que cupons fiscais destinados às entidades tenha de ser identificados pelo consumidor. Na visão das instituições, isso deve prejudicar a arrecadação de recursos que, somente em 2016, somaram mais de R$ 100 milhões. “Vamos avaliar formas de apoiar o movimento que está sendo desenvolvidos pelas entidades assistenciais”, garantiu Roberto Engler.


 

ESCOLA, ENTIDADE E ACISB


Pela manhã, o deputado estadual Roberto Engler visitou a Escola Estadual Professora Maria de Lourdes Maia Frota, no Conjunto Habitacional Angelo Giubina, onde foi recebido pela diretora Maria Bernadete Franchi de Arruda, pelo vice-diretor Alfredo Costa Ramos, por funcionários e alunos. O parlamentar conferiu de perto as ótimas condições do prédio escolar, que teve a sua quadra coberta por meio de sua atuação.


Outro compromisso ocorreu na Casa de Maria, Mãe do Puro e Belo Amor. Foi a primeira vez que o deputado Roberto Engler esteve na entidade, onde foi recebido pela vice-presidente, Regina Maria da Silva Melo, e pela assistente social Isabel Cristina de Oliveira. A instituição atende mais de 600 pessoas de 31 bairros da cidade.


“O alcance de um trabalho tão recente como o feito aqui na Casa de Maria é incrível. Fiquei feliz em saber quantas pessoas têm suas vidas melhoradas por meio dessa atuação e tenho certeza de que, em breve, poderemos ser parceiros da entidade”, disse o deputado Roberto Engler.


O deputado encerrou sua visita a Santa Bárbara com uma reunião na Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste). Roberto Engler foi recebido pelo presidente Roberto Bonamin, pelo vice-presidente João Batista Paula Rodrigues e pelo diretor Ricardo Betin.


O assunto do encontro foi o projeto de lei 874/2016, de autoria do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A proposta pretende alterar a lei 15.659, que obriga lojistas a notificar o consumidor por meio de correspondência com AR (Aviso de Recebimento), antes de inclusão e exclusão de inadimplentes nos cadastros de proteção ao crédito.