05/10/2016

CDHU planeja entregar parte das casas de Barrinha no início de 2017

Expectativa é que pelo menos 100 moradias sejam disponibilizadas

imagem_destaque

Roberto Engler e Marcos Penido

A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) planeja entregar uma parcela das 296 casas em construção em Barrinha no início de 2017. Espera-se que pelo menos 100 casas sejam disponibilizadas até março do ano que vem. A informação foi obtida pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) junto ao presidente da CDHU, Marcos Penido.

A entrega das casas aos mutuários, no entanto, depende da conclusão da Estação de Tratamento de Esgoto, obra do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), que está em andamento.
Outro ponto que carece de definição é a maneira pela qual serão definidas as primeiras famílias que receberão as moradias. A tendência é que um novo sorteio seja realizado entre os 296 beneficiados para estabelecer uma ordem de entrega.

A CDHU tem investido cerca de R$ 360 mil por mês na conclusão das 296 casas que estão sendo erguidas em terreno cedido pela Prefeitura de Barrinha, próximo ao bairro Vera Lúcia. A companhia planeja entregar todas as unidades até o fim de 2017. 

“Há bastante tempo, temos buscado resolver de vez essa questão das casas. As informações repassadas pelo amigo Marcos Penido estabelecem um cronograma para que, enfim, as famílias contempladas com uma unidade habitacional possam se mudar. É uma boa notícia”, disse o deputado estadual Roberto Engler, que tem trabalhado pelas casas em parceria com o prefeito Mituo Takahasi, o Katiá (PPS).