31/07/2016

Aramina recebe 46 casas populares

Cidade vai receber um total de 93 moradias, avaliadas

imagem_destaque

Casas entregues em Aramina têm dois e três dormitórios, sala, cozinha e banheiro

Neste sábado (30), o governador Geraldo Alckmin entregou as chaves de moradias a 46 famílias de Aramina. As casas foram construídas por meio do programa Morar Bem, Viver Melhor, do Governo do Estado.

“Estamos entregando as chaves para 46 famílias. O governo do Estado atende também grupo de idosos e famílias que tenham pessoa com deficiência, a casa vem adaptada. São Paulo não deixa ninguém para trás. São casas com aquecedor solar, feitas com todo carinho e capricho”, comentou Alckmin.

O estado de São Paulo destina, anualmente, uma parcela de sua receita para a construção de moradias. O resultado disso é que o Governo do Estado é parceiro dos municípios na missão de financiar o acesso dos paulistas à casa própria, com custo acessível e qualidade na construção”, afirmou o deputado estadual Roberto Engler (PSDB). 

As casas têm dois e três dormitórios, sala, cozinha e banheiro. Todas as residências têm sistema de aquecimento solar, que economiza em até 30% o consumo de energia elétrica. O conjunto conta com pavimentação, paisagismo e completa infraestrutura com redes de água, esgoto, drenagem e iluminação pública.

Esta é a primeira etapa de entrega do conjunto residencial, que terá um total de 93 moradias. O Governo do Estado está investindo R$ 7 milhões no empreendimento, viabilizado em parceria pela CDHU e a Prefeitura de Aramina, que doou o terreno e administra a obra.

Os novos moradores terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários mínimos desembolsará 15% dos rendimentos. Em Aramina, 87% das famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 132.


Foto: A2 Fotografia/Diogo Moreira, do Portal do Governo do Estado