12/04/2016

Restinga aplaude ações de Roberto Engler no caso dos pedágios

Moção elogiosa foi aprovada de forma unânime pela Câmara Municipal

imagem_destaque

Wellington Ferreira, Roberto Engler e Leonardo Neves Cintra

A Câmara Municipal de Restinga aprovou, de forma unânime, Moção de Aplausos ao deputado estadual Roberto Engler (PSDB), por suas ações durante a polêmica que envolveu planos (já descartados) do Governo do Estado de São Paulo de instalar novos pedágios na região de Franca. O documento enaltece o parlamentar pela “firme posição na defesa dos interesses da Alta Mogiana”.

O autor da moção, vereador Leonardo Neves Cintra (DEM), e o ex-vereador Wellington Ferreira (PSDB) estiveram com o deputado Roberto Engler, na manhã de ontem (11), para entregá-la pessoalmente.

O documento ressalta a forma com que, ao longo dos cerca de 60 dias pelos quais o debate sobre os pedágios se estendeu, o parlamentar alinhou seu posicionamento ao pensamento da população, manifestando-se clara e diretamente contra a instalação de novas praças de cobrança nas rodovias Cândido Portinari, Ronan Rocha e Altino Arantes.

Cita, ainda, os contundentes posicionamentos assumidos publicamente pelo deputado e, até mesmo, expressões relevantes criadas e utilizadas em vários de seus pronunciamentos, como a definição da série de manifestações contra os pedágios ocorridas na região de Franca como o “panelaço da Alta Mogiana”. 

“Nosso deputado arregaçou as mangas e foi pra guerra, mostrou, aos milhares de leitores, ser digno da expressiva votação que recebeu no último pleito eleitoral. (...) Fez brotar no seu eleitorado a esperança de que as pessoas ainda podem confiar na classe política, ainda que apenas em sua minoria”, diz a moção.

Ciente do reconhecimento liderado pelo vereador Leonardo Cintra e endossado pelos demais vereadores, o deputado estadual Roberto Engler agradeceu à Câmara Municipal e à cidade de Restinga. 

“O que houve foi a oposição entre uma ideia de Governo e o desejo da população. Não nos restava alternativa senão fortalecer a vontade do povo. O tom elogioso da moção supera qualquer merecimento de minha parte, mas, é claro, é motivo de alegria e de reiteração ainda maior, se é que isso é possível, de que nossa atuação no caso dos pedágios foi apropriada ao que pedia o momento e ao que desejava a maioria das pessoas”, afirmou o deputado Roberto Engler.