05/11/2015

Projeto do Conservatório de Franca deve ficar pronto em dezembro

Intenção é começar a construção do prédio no primeiro semestre de 2016

imagem_destaque

Marcelo Mattos, José Roberto Sadek, João Manoel e Roberto Engler

Segundo previsão da Secretaria Estadual da Cultura, o projeto do Conservatório Musical de Franca deve ficar pronto em dezembro. A informação foi repassada pelo secretário Marcelo Mattos Araujo ao deputado estadual Roberto Engler (PSDB), na quarta-feira (4). A intenção do Governo do Estado é licitar a construção do prédio no primeiro semestre de 2016.


Marcelo Mattos esteve no Gabinete do deputado Roberto Engler na Assembleia Legislativa pela manhã. Participaram do encontro também o secretário adjunto de Cultura, José Roberto Sadek, e o assessor parlamentar João Manoel da Costa Neto.


A empresa que está elaborando o projeto do Conservatório Musical de Franca já ofereceu mostras de como deve ser o prédio e planeja entregar todas as informações, inclusive uma maquete virtual, antes do fim do ano. Estima-se que ao menos R$ 10 milhões devem ser investidos na unidade cultural.


“Costumo dizer sempre que ninguém faz a planta da casa para não construí-la. Ou seja, com o projeto pronto, vamos batalhar para começar a erguer o Conservatório Musical de Franca em 2016”, afirmou o deputado estadual Roberto Engler.


A obtenção de recursos para financiar a obra foi outro assunto discutido entre o parlamentar e os representantes da Secretaria da Cultura. É preciso incluir verba com essa finalidade para o Orçamento Estadual do ano que vem, que já esta em tramitação na Assembleia. 


Roberto Engler apresentou emenda à proposta, prevendo R$ 5 milhões para a construção do Conservatório. “O diálogo para a aprovação dessa previsão orçamentária já começou e vai se estender até meados de dezembro, quando o Orçamento deve ser aprovado aqui na Assembleia Legislativa”, revela o deputado.



CONSERVATÓRIO DE FRANCA

Desde 2006, o deputado estadual Roberto Engler tem trabalhado pelo Conservatório Musical de Franca. O empreendimento vai ser erguido em terreno de propriedade do Governo do Estado, localizado na esquina das ruas Adib Augusto Salomão e Joaquim Coelho Freitas, no Jardim Santo Agostinho.


A unidade cultural tem tudo para transformar Franca em referência regional em Educação Musical, com a abertura de 400 vagas para ensino de canto e música popular e erudita na cidade. 


O Conservatório Musical de Franca será vinculado ao Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, que, atualmente, funciona principalmente em Tatuí, com uma pequena unidade em São José do Rio Pardo.