18/09/2015

Lei dá nome ao CDP de Serra Azul

Norma homenageia o agente penitenciário Sandro Alves da Silva

A publicação da lei 15.897, de autoria do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), no Diário Oficial de hoje (16), denomina ASP Sandro Alves da Silva o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Serra Azul. O equipamento penitenciário fica no km 28,7 da Rodovia Abrão Assed.

Sandro Alves da Silva nasceu em Botucatu, em 1976, filho de José Alves da Silva e Dionísia Batista de Araújo. Exerceu diversas ocupações, entre elas a de Agente de Segurança Penitenciária (ASP) na própria unidade ora denominada. 

Além de suas atividades profissionais, tinha como paixão o mundo dos rodeios. Foi peão, organizou o projeto da Queima do Alho em Serra Azul e ajudou a formar a comitiva Sem Limites. Com apoio da Prefeitura Municipal, transformou a festa em sucesso e em tradição na cidade. 

Faleceu em acidente automobilístico, em cumprimento de suas funções como ASP, deixando mulher, uma filha e um filho. 

O projeto 1196/2014, que resultou na lei 15.897, foi apresentado pelo deputado estadual Roberto Engler a pedido do vereador de Serra Azul, Eduardo Almagro (PPS).