11/09/2015

Construção de casas em Patrocínio Paulista tem ritmo lento

Autorizada há mais de um ano, obra ainda está em fase de terraplenagem

Com autorização para ser iniciada em maio do ano passado, a construção de 206 casas populares em Patrocínio Paulista segue ritmo lento. A obra, gerenciada pela Prefeitura Municipal, com repasse de recursos da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) por meio de convênio, tem investimento mínimo de R$ 17 milhões. No entanto, medições realizadas em agosto último apontam que menos de 1% dos serviços foram executados até aqui.

As informações foram confirmadas pela CDHU ao deputado estadual Roberto Engler (PSDB), que trabalhou para viabilizar o conjunto habitacional. Na área destinada ao empreendimento, a empresa vencedora da concorrência pública por enquanto efetuou apenas serviços de terraplenagem. 

“Ouvimos pedidos de casas em Patrocínio constantemente e é preciso acelerar a obra, para que ao menos 200 famílias da cidade possam contar com sua casa própria. Segundo o que apuramos, a CDHU tem cobrado que a construção das moradias adquira um ritmo normal”, afirmou o deputado Roberto Engler.

Inicialmente, o novo conjunto habitacional de Patrocínio Paulista deveria ser composto por 236 casas. Adaptações no projeto reduziram o número de unidades para 206. Outras melhorias e adequações no empreendimento estão sendo discutidas e podem aumentar o valor total do investimento.