10/09/2015

Estado pode liberar verbas para recape em São Simão

Pedido foi apresentado em audiência na Secretaria Estadual da Casa Civil

imagem_destaque

Rubens Cury, Roberto Engler, Izaías Leão e Gato Gordo

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o prefeito de São Simão, Izaías Leão de Souza (PSL), e o vice-prefeito Adauto Gato Gordo (PSD) solicitaram, na manhã de ontem (9), em audiência na Secretaria Estadual da Casa Civil, no Palácio dos Bandeirantes, a liberação de R$ 300 mil em recursos estaduais. O dinheiro será usado para recapear ruas. 

A audiência aconteceu na Subsecretaria de Relações com Municípios, com o subsecretário Rubens Cury. A demanda ainda deve passar pela avaliação do secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, e do governador Geraldo Alckmin (PSDB). A expectativa é de que o repasse possa se concretizar em 2016.

“A reivindicação está apresentada, definindo a liberação de recursos para recapeamento de ruas como uma prioridade de São Simão. Vamos acompanhar a solicitação até que seja dada uma resposta definitiva, torcendo e trabalhando para que seja uma resposta positiva”, disse o deputado estadual Roberto Engler. 

O deputado ressaltou a atenção dispensada por toda a equipe da Casa Civil, em especial a da Subsecretaria de Relações com os Municípios, durante a audiência de ontem (9). 

“Todos os pedidos que trazemos à Casa Civil têm sido muito bem recebidos. Só temos a agradecer ao governador Geraldo Alckmin, ao secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, e ao subsecretário Rubens Cury”, afirmou Roberto Engler.

Em 2014, depois de intermediação do deputado estadual Roberto Engler, São Simão já recebeu R$ 200 mil para recapeamento. 

Ao longo de 2013, outros importantes repasses de recursos estaduais foram destinados à cidade por solicitação do parlamentar. Entre essas liberações, R$ 125 mil foram usados na revitalização da Avenida Simão da Silva Teixeira, com a remodelação das calçadas, guias e sarjetas da via, e R$ 60 mil para a aquisição de equipamentos de ar condicionado para o Teatro Municipal.