21/08/2015

Roberto Engler solicita bolsa para alunos da Fatec

Proposta é oferecer auxílio financeiro a alunos com vulnerabilidade socioeconômica

imagem_destaque

Roberto Engler durante reunião da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) segue trabalhando para que o Governo do Estado ofereça Bolsa Permanência para alunos carentes das Fatecs (Faculdades de Tecnologia) do estado de São Paulo. O parlamentar apresentou indicação (1717/2015) ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) tratando do assunto.


Inicialmente, cerca de 1% dos alunos das Fatecs que comprovem condições de vulnerabilidade socioeconômica (cerca de 670 estudantes) passariam a receber R$ 400 mensais (valor baseado em bolsas do CNPq - Centro Nacional de Qualificação Profissional), com limite máximo de repasse por seis meses. O próprio deputado Roberto Engler garantiu previsão orçamentária de R$ 1,6 milhão para concessão da bolsa já em 2015. 


“Incluímos o valor no Orçamento deste ano e falta regulamentar o programa de concessão das bolsas, para colocá-lo em prática. Estamos pedindo que o governador Geraldo Alckmin avalie essa possibilidade, junto com a Secretaria de Desenvolvimento e o Centro Paula Souza, que já se mostrou a favor da medida”, afirma Roberto Engler.


Historicamente, pelo menos dois terços dos alunos das Fatecs são oriundos de escolas públicas, fator apontado pelos representantes discentes como uma das explicações da dificuldade de permanência nos cursos tecnológicos. 


“A bolsa é uma garantia de adaptação do aluno carente a novas condições. Muitas vezes, esse estudante precisa mudar de cidade para estudar, precisa adequar sua rotina de vida e de trabalho, ou seja, necessita de um tempo de adaptação a uma nova realidade”, pondera o deputado estadual Roberto Engler.


O auxílio para permanência dos alunos já foi tema de negociações entre estudantes, membros da superintendência do Centro Paula Souza, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e da Secretaria Estadual de Gestão Pública ao longo dos últimos anos.


“Essa ação, que estamos desenvolvendo desde o ano passado, é fruto de manifestações de alunos e representantes discentes de Fatecs de todo o estado. A falta de recursos econômicos impede alunos de prosseguirem com seu sonho de se formar em uma faculdade pública e de qualidade. Quem sabe a criação da bolsa permanência ajude a evitar ao menos uma parte desses casos”, diz o deputado Roberto Engler.


Essa é a segunda indicação do parlamentar solicitando a criação da bolsa permanência. A primeira foi feita no ano passado (1296/2014). 


Além disso, o parlamentar apresentou emendas ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias e ao projeto de Lei Orçamentária Anual para 2015. A última foi acatada pelo plenário da Assembleia Legislativa e garantiu os recursos necessários para financiar o auxílio aos estudantes das Fatecs.