19/08/2015

CDHU vai construir 112 casas em Terra Roxa

Convênio que garante as moradias deve ser assinado até o fim deste ano

imagem_destaque

Samir Nassbine, Roberto Engler, Marcos Penido, Fernando Antonini e Paulinho Guiselini

A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) planeja iniciar a construção de 112 casas em Terra Roxa em 2016. Convênio entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado de São Paulo deve ser assinado até o fim deste ano, garantindo a liberação de recursos para as moradias. Depois disso, deve ser aberta a licitação para as obras, que, a princípio, devem ser gerenciadas pela própria companhia estadual.

Reunião realizada na tarde de hoje (19), em São Paulo, confirmou esse cronograma. O deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o prefeito Samir Nassbine (PSDB) e os vereadores Paulinho Guiselini (PSDB e Fernando Aparecido Antonini (PDT) foram recebidos pelo presidente da CDHU, Marcos Penido.

“O projeto das casas está em andamento e a expectativa é de que tudo esteja resolvido até novembro ou dezembro, para celebração da parceria do Estado com Terra Roxa. Sabemos da demanda por moradias na cidade e estamos trabalhando para amenizar essa situação”, disse o deputado estadual Roberto Engler.

O município também será beneficiado com subsídio oferecido pelo Governo do Estado para a aquisição da área para as casas. Serão R$ 224 mil (repasse de R$ 2 mil por lote) a serem reembolsados.


SEVERÍNIA
Durante o encontro com o presidente da CDHU, Marcos Penido, o deputado estadual Roberto Engler aproveitou para pedir a aceleração de estudos para construção de 200 casas em Severínia. Penido se comprometeu a priorizar o levantamento topográfico da área que receberá as moradias.

Há 23 anos nenhuma moradia popular é construída em Severínia. “Essas unidades habitacionais foram autorizadas em 2013 e precisam que seu processo de aprovação seja acelerado para que a construção se inicie o quanto antes. A necessidade das casas é evidente”, afirmou o deputado estadual Roberto Engler.