12/08/2015

Entidades do magistério buscam apoio para reivindicações

Assembleia Legislativa deve intermediar conversas com o Poder Executivo

imagem_destaque

Encontro foi realizado na Presidência do Legislativo, no Palácio 9 de Julho

Reunião realizada na manhã de hoje (12), no Palácio 9 de Julho, definiu que o Poder Legislativo vai intermediar conversações de quatro entidades do magistério junto ao Governo do Estado para valorização da classe. Participaram do encontro, o deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Fernando Capez (PSDB), e representantes da Educação.

A mobilização da Udemo (Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de São Paulo), da Apase (Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo), da Apampesp (Associação dos Professores Aposentados de São Paulo) e do CPP (Centro do Professorado Paulista) tem como objetivo principal que seja retomada negociação com o Palácio dos Bandeirantes, iniciada em abril último, sobre a política de recuperação salarial das categorias representadas. 

O próximo passo para isso deve ser o agendamento de nova audiência, desta vez com a participação do secretário estadual de Educação, Herman Jacobus Voorwald, sob intermediação da Secretaria da Casa Civil. O presidente da Assembleia, Fernando Capez, tratou do assunto por telefone com o secretário Edson Aparecido e a data do encontro deve ser definida nos próximos dias.

“Na minha avaliação, foi um início importante para que a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo se faça presente no diálogo da Udemo, da Apase, da Apampesp e do CPP com a pasta estadual da Educação e com o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Em breve, teremos outras etapas nesse mesmo sentido”, afirmou o deputado estadual Roberto Engler, articulador da reunião.

Entre outras lideranças, estiveram presentes, na audiência de hoje (12), Chico Poli e Volmer Áureo Pianca, da Udemo, Rosângela Ferini e Aparecida Antônia Demambro, da Apase, Wally Ferreira Lühmann de Jesuz, da Apampesp e José Maria Cancelliero, Silvio dos Santos Martins, Maria Lúcia de Almeida e Loretana Paolieri Pancera, do CPP.