07/08/2015

Santa Casa de Barretos terá novos aparelhos de hemodiálise

Equipamentos vão ser repassados pelo Governo do Estado de São Paulo

imagem_destaque

Guilherme Ávila e Roberto Engler

Convênio para repasse de dez aparelhos de hemodiálise para a Santa Casa de Barretos está em fase final de elaboração. O documento é necessário para a liberação de R$ 405 mil em recursos estaduais por meio de parceria com a Prefeitura Municipal de Barretos. A verba é uma conquista do prefeito Guilherme Ávila (PSDB), com intermediação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB).

Restam poucos passos para a finalização do convênio, entre eles a apresentação de um relatório da Vigilância Sanitária e a solução de detalhes quanto à manutenção dos equipamentos. 

“Tão logo esse processo seja finalizado, a documentação será definitivamente aprovada pela Secretaria Estadual de Saúde para que a assinatura ocorra”, revela o deputado Roberto Engler, que se reuniu com o secretário estadual adjunto de Saúde, Wilson Pollara, para tratar do assunto.

Com os novos equipamentos, a Santa Casa de Barretos, sob gestão da Prefeitura, vai ampliar o atendimento de hemodiálise. De quebra, ainda vai economizar, uma vez que, atualmente, sete das 29 máquinas usadas para o procedimento são alugadas e representam um custo de aproximadamente R$ 35 mil mensais.


FUNDAÇÃO PADRE GABRIEL CORRER
Em julho, foi assinado convênio que beneficia a Fundação Padre Gabriel Correr com repasse de verbas estaduais conseguidos pelo deputado Roberto Engler. A entidade barretense vai receber R$ 50 mil para a aquisição de um veículo. 

O apoio do deputado Roberto Engler à Fundação Padre Gabriel Correr não se iniciou agora. Há dois anos, ele já havia intermediado verba estadual no valor de R$ 80 mil para a instituição, que investiu na Casa de Triagem Sagrada Família, com a aquisição de uma Kombi, mesas, cadeiras, computadores e outros equipamentos.

Esse relacionamento do parlamentar com a entidade se iniciou a partir de pedido feito pelo então vereador, hoje prefeito, Guilherme Ávila (PSDB). “Foi uma aproximação que deu certo porque é visível a verdadeira preocupação, das pessoas que comandam e se dedicam à fundação, com o ser humano. Isso é o que faz a diferença”, afirmou o deputado Roberto Engler.