02/06/2015

Reitor da UNESP agradece deputado Roberto Engler

Emenda por manutenção de repasse a universidades motivou reconhecimento

imagem_destaque

Imagem de arquivo mostra Roberto Engler e Julio Cezar Durigan, na sede da reitoria da UNESP

O reitor Julio Cezar Durigan agradeceu a atuação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB) na defesa dos interesses da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em especial o esforço para a manutenção do repasse dos 9,57% da cota do estado no ICMS destinados às universidades paulistas (USP, UNESP e Unicamp). Durigan enviou correspondência oficial ao parlamentar, expressando o reconhecimento de seus esforços pela universidade.

Em maio, o Governo do Estado enviou o projeto de lei 587/2015, que define as Diretrizes Orçamentárias do estado de São Paulo para 2016, prevendo repasse de até “no máximo” 9,57% do ICMS às universidades. Roberto Engler apresentou emenda propondo a manutenção dos 9,57% como repasse mínimo, como ocorre há mais de 20 anos. Dois dias depois, o Palácio dos Bandeirantes enviou mensagem alterando o projeto e restabelecendo a porcentagem integral.

Em relação aos eventos que envolvem a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2016 e essas alterações, Durigan afirma ter “plena certeza” de que a atuação do deputado Roberto Engler “contribuiu sobremaneira para a mantença do referido percentual (9,57%)”.

“A UNESP, em particular, tem recebido tratamento especial de Vossa Excelência, nos diferentes assuntos relacionados às atividades da Universidade e, nesse sentido, a Reitoria agradece o vosso empenho para com a mesma”, diz o reitor da universidade se dirigindo ao deputado Roberto Engler.