11/02/2015

Capela de Nossa Senhora de Lourdes é reinaugurada

Espaço centenário foi recuperado e vai receber celebrações

imagem_destaque

Reabertura lotou a capela que fica no antigo campus da Unesp de Franca, no Centro

Um ambiente de oração e fé, com mais de 100 anos de existência, volta a estar à disposição da comunidade francana. Foi reinaugurada, na manhã de hoje (11), a Capela de Nossa Senhora de Lourdes, localizada no antigo campus da Unesp (Universidade Estadual Paulista), no Centro de Franca. O espaço, erguido no fim do século XIX, junto com o antigo Colégio de Lourdes, e que estava fechado há cerca de 20 anos, foi totalmente recuperado.

A data de reabertura, 11 de fevereiro, coincide com o dia da santa que empresta o nome à capela. A cerimônia contou com a participação de dezenas de pessoas, entre elas diversas alunas do antigo colégio, que se emocionaram ao rever o espaço todo reformado.

“Sem dúvida, é um dia marcante. Depois de muita dificuldade e de muito esforço de várias pessoas, vemos o resultado do trabalho. A capela volta a estar linda e volta também a ser freqüentada e utilizada para celebrações. É um patrimônio histórico e cultural devolvido a Franca”, disse o deputado estadual Roberto Engler (PSDB).

Além de Engler, o bispo Dom Paulo Roberto Beloto, a diretora do campus da Unesp de Franca, professora doutora Célia Maria David, o prefeito Alexandre Ferreira (PSDB) e os vereadores Adérmis Marini (PSDB) e Valéria Marson (PSDB) foram outras autoridades presentes.

A cerimônia se iniciou com o corte da fita de reinauguração e, em seguida, houve discursos das autoridades. Todos eles registraram agradecimentos ao deputado Roberto Engler pelo esforço, bem sucedido, para viabilizar os recursos necessários para a reforma da capela.

A celebração que marcou definitivamente a reinauguração foi comandada pelo bispo Dom Paulo Roberto Beloto. A Capela de Nossa Senhora de Lourdes passará a receber missas às terças, quartas, quintas e sextas-feiras, sempre às 17 horas.


A REFORMA
O restaurador Altemir Juvenil Baratto, o Mirim, teve papel importantíssimo para que a reforma fosse bem sucedida. Foi ele quem comandou os trabalhos. Durante a reinauguração, um agradecimento especial foi feito ao profissional.

O deputado estadual Roberto Engler foi o responsável por intermediar o dinheiro necessário para que a Unesp pudesse realizar a obra. Os reparos feitos no espaço, que ainda é da universidade, mas está sob gestão da Diocese de Franca, duraram seis meses e custaram cerca de R$ 292 mil.

Recuperação de piso e detalhes originais, pintura e envernização, novos vidros, substituição de fiação elétrica e sistema de som foram algumas das intervenções realizadas. Imagens também foram restauradas. A reforma respeitou ao máximo a disposição original da capela, que tem cerca de 300 metros quadrados.

A Capela de Nossa Senhora de Lourdes foi fundada pela Madre Superiora Maria Teodora Voiron, membro das Irmãs de São José de Chambéry. Sua construção se deu em por volta do ano de 1888. O espaço esteve fechado por aproximadamente duas décadas.