18/09/2014

Licitação da Portinari é finalizada; obras começam na semana que vem

Secretário de Transportes deve visitar Franca e dar início à duplicação

A concorrência pública para duplicação de 15 quilômetros da Rodovia Cândido Portinari, entre Franca e o acesso a Jeriquara, foi finalizada. A homologação do processo de licitação foi publicada no Diário Oficial de hoje (18). 

Segundo informações obtidas pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) junto à Secretaria Estadual de Transportes e Logística, o secretário Clodoaldo Pelissioni deve visitar Franca na tarde da próxima quinta-feira (25), para dar a ordem de início das obras.

“Não há volta. Na semana que vem, as vencedoras da concorrência pública podem começar a trabalhar. É o início da concretização de um pedido tão aguardado”, afirmou o deputado Roberto Engler.A concorrência pública foi dividida em dois lotes distintos. Um deles vai do km 406 ao km 413 e o outro do km 413 ao km 421. A duplicação de 15 km da Rodovia Cândido Portinari tem prazo de 12 meses para ser concluída.

Somente na duplicação da estrada entre Franca e Jeriquara, serão investidos mais de R$ 110 milhões. O projeto prevê a construção de pista dupla com implantação de ciclovias nas marginais da estrada. “Com a duplicação, teremos menos acidentes de carro e, com as ciclovias, o trânsito dos ciclistas também será muito mais seguro”, ressalta Engler.


RECAPEAMENTO
O recapeamento, construção de terceira faixas e pavimentação de acostamentos na Rodovia Cândido Portinari entre Jeriquara e Rifaina já está em andamento. O trecho vai dos kms 421,00 ao 454,8 tem custo total de aproximadamente R$ 60 milhões.

Em fevereiro do ano passado, foram concluídos os serviços de recuperação de dois trechos da rodovia, entre os kms 454,8 e 456 e 459,4 e 464,8, nos municípios de Pedregulho e Rifaina. 

Os dois trechos de recape, um já pronto e outro em andamento, somados à duplicação entre Franca e Jeriquara, compõem a recuperação completa da estrada, avaliada em mais de R$ 150 milhões e deve ser concluída em até 12 meses depois de início da duplicação.