26/06/2014

Toca mais, Guri! Projeto anuncia investimentos, em Franca

Melhorias são viabilizadas por meio da atuação do deputado Roberto Engler

imagem_destaque

Imagem de apresentação da Orquestra Verde do Projeto Guri de Franca

Apresentações musicais de alta qualidade vão marcar o anúncio oficial do Programa Toca mais, Guri!, de melhorias do Projeto Guri em todo o interior do estado de São Paulo. O evento vai ocorrer nesta sexta-feira (27), às 20 horas, no Teatro Municipal José Cyrino Goulart, em Franca.

O Programa Toca mais, Guri! prevê o investimento de R$ 5 milhões em diversas ações do projeto (leia mais abaixo), inclusive para implantação de um novo curso de luteria, que ensina a construir e reparar instrumentos, em Franca. 

A verba que possibilita a realização do programa foi viabilizada por meio de ação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), que reforçou o orçamento do Guri para este ano, a pedido do secretário estadual de Cultura, Marcelo de Mattos Araújo.

Em parceria com o Conservatório de Tatuí, a organização social Amigos do Guri – responsável pela gestão do projeto no interior, litoral e Fundação Casa – realiza o evento em comemoração ao anúncio do Programa Toca mais, Guri!, com apresentações da Orquestra Verde do Guri (Grupo de Referência de Franca) e o Grupo de Choro do Conservatório.

A escolha de Franca para o lançamento do programa Toca mais, Guri!, com abrangência e repercussão estadual, se deu justamente como forma de agradecimento pelo esforço do deputado Roberto Engler para viabilizar recursos que possibilitam o programa.

“Como tivemos um papel importante para que esse programa fosse possível e, além disso, o Projeto Guri de Franca é um dos principais do estado, a própria secretaria propôs que o lançamento ocorresse aqui”, explica Engler.

Além do deputado estadual Roberto Engler, estarão presentes a coordenadora da Unidade de Formação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, Renata Bittencourt, o prefeito de Franca, Alexandre Ferreira (PSDB), a diretora-executiva do Projeto Guri, Alessandra Costa, entre outros.

 A Orquestra do Guri, composta por violões, violas caipiras e cavacos, abre a apresentação. Vinte alunos de desempenho avançado, de Franca e região, executam repertório calcado na música popular brasileira. Com formação instrumental original e inusitada, o grupo, coordenado por Rossiny Xavier, é um dos destaques do Projeto Guri e já tocou com importantes músicos brasileiros, como o violeiro Ivan Vilela.

 Em seguida, os alunos de Tatuí, ao lado do violonista e coordenador Alexandre Bauab, mostram a importância do Choro como gênero musical. Munidos de violões sete cordas, bandolim, cavaco, percussão e flauta transversal apresentam canções marcantes do universo artístico brasileiro, como, “Acerta o Passo”, de Pixinguinha, “Acorda”, de Caio Cury e “Pé Redondo”, de João Camareiro.


TOCA MAIS, GURI!
Um novo curso de luteria, que ensina a construir e reparar instrumentos, vai ser implantado em Franca, em local que está sendo definido. Como a nova sede do Projeto Guri em Franca, mantida em parceria com a Acif (Associação de Comércio e Indústria de Franca), está com sua capacidade de alunos completamente preenchida, a Prefeitura Municipal deve ser parceira do novo curso, oferecendo espaço que abrigue a nova formação.

Cada turma do novo curso terá seis alunos, com entre 16 e 21 anos. Os futuros luthiers estarão aptos a fabricar e consertar instrumentos de cordas (violino e violão). O curso deve ter duração de dois anos e terá a supervisão de especialistas do Conservatório de Tatuí.

A oficina de luteria possibilitará aos alunos adquirir mais conhecimentos sobre o processo de construção e manutenção dos instrumentos de corda utilizados por eles e funciona, também, como uma capacitação, permitindo que os guris possam ingressar em cursos profissionalizantes na área. 
Além disso, as Luterias de Itapeva (foco em violino) e Ouro Verde (foco em violão) terão suas oficinas readequadas, com novos maquinários, ferramentas e materiais de consumo.

O número de alunos do Projeto Guri que levam seus instrumentos para casa vai aumentar em 500%, saltando de mil para cinco mil estudantes. Somente aí, deve ser investido R$ 1,5 milhão. “O ganho de aprendizagem é enorme. É possível imaginar. Afinal de contas o treino do aluno com o instrumento não vai se restringir às horas-aula semanais”, afirmou o deputado Roberto Engler. 

Outra novidade é que a Orquestra Verde do Guri será expandida. Além de Franca, os Grupos de Referência de Santos e de Araçatuba também ganharão violões produzidos com madeira maciça certificada pela Forest Stewardship Council (FSC), organização responsável pelo manejo florestal sustentável ao redor do mundo. Com isso, o Guri terá mais duas Orquestras Verdes.

Outros R$ 400 mil serão destinados à ampliação dos projetos especiais do Guri, com a compra de 40 novos acordeons, 36 tubas, ampliação do Bloco do Guri, com 11 novos kits de bateria de escola de samba, com 22 instrumentos cada, e ampliação do projeto Pandeiro Brasileiro, com quase 300 pandeiros a serem adquiridos.

O restante da verba de R$ 5 milhões intermediada pelo deputado estadual Roberto Engler será gasto com a modernização do estoque de acessórios e troca de instrumentos, da sede e dos polos no interior, (com custo estimado de aproximadamente R$ 1,4 milhão). Cerca de R$ 180 mil vão para os custos de distribuição de todo o material adquirido.

“Fiquei realmente muito feliz com todos os avanços que serão possíveis a partir desse reforço de investimentos do Projeto Guri neste ano. São milhares de alunos e de famílias beneficiados, algo que tem uma abrangência cultural, educacional e social muito grande”, disse o deputado estadual Roberto Engler.

“O Projeto Guri é um dos maiores programas da Secretaria de Estado da Cultura no interior e no litoral, com ações de extrema abrangência tanto na área de formação artística quanto de difusão. Por isso, é um orgulho muito grande poder anunciar mais esse investimento, que possibilitará o fortalecimento das ações realizadas pelo Projeto em 370 polos”, diz o Secretário de Estado da Cultura Marcelo Mattos Araújo.

“A ampliação proporcionará ainda mais qualidade ao ensino da música dentro do Projeto, que já atendeu mais de 540 mil crianças e adolescentes, em seus 19 anos de existência. Todas as ações reforçam a missão do projeto de promover a prática coletiva, incentivando o desenvolvimento humano”, afirma a diretora-executiva do Projeto Guri, Alessandra Costa.


Foto: Projeto Guri
small