10/06/2014

Santa Casa garante verba solicitada pelos Voluntários da Saúde

Convênio significa repasse de R$ 130 mil conseguidos pelo dep. Roberto Engler

imagem_destaque

Roberto Engler e integrantes dos Voluntários da Saúde de Franca

Representantes da cogestão da Santa Casa de Franca assinaram, em Franca, na última semana, convênio para obter repasse de R$ 130 mil em recursos do Governo do Estado de São Paulo. O dinheiro foi intermediado pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB), depois de pedido dos Voluntários da Saúde. 

A parceria não foi celebrada há duas semanas, durante grande cerimônia de assinatura de convênios realizada em São Paulo. Por isso, a confirmação do repasse se deu no Departamento Regional de Saúde.

O destino dos recursos foi estabelecido por indicação dos Voluntários da Saúde. Parte da verba deve ser investida em equipamentos, móveis e eletrodomésticos que darão suporte ao trabalho realizado pela entidade principalmente junto aos pacientes do Hospital do Câncer de Franca. Outra parcela será usada na compra de ventiladores pulmonares para a Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa

“Obtivemos uma resposta positiva para esse pedido no segundo semestre do ano passado. Inclusive, de início, seria comprado também um veículo para os voluntários, mas não foi possível. Então, mudamos o objeto do convênio, substituindo o carro pelos ventiladores, que também serão muito importantes. E, neste ano, também conseguimos a liberação do veículo”, revelou o deputado estadual Roberto Engler.

A liberação do veículo a que o deputado se refere ocorreu no mês passado, em audiência na Secretaria Estadual de Saúde, com o secretário estadual adjunto de Saúde, Wilson Pollara. O carro será disponibilizado para a Santa Casa de Franca ainda neste ano, mas para uso dos Voluntários da Saúde. 

Na mesma audiência, Engler confirmou também a liberação de uma ambulância para a Santa Casa de Franca. “A ambulância tem um custo de R$ 92 mil e o carro de cerca de R$ 30 mil. Os dois estão garantidos e devem ser liberados ainda neste ano”, disse Engler.