30/05/2014

Lei oficializa a Campanha Novembro Azul em todo o estado

Prevenção ao câncer de próstata é principal intenção de norma já em vigor

imagem_destaque

Roberto Engler faz uso da tribuna da Assembleia Legislativa

Foi publicada, no Diário Oficial de hoje (30), a lei 15.430, que institui oficialmente, em todo o estado de São Paulo, a campanha Novembro Azul, dedicada a ações de prevenção ao câncer de próstata e à promoção da Saúde do homem. A norma é fruto de projeto de lei de autoria do deputado estadual Roberto Engler (PSDB).

O dia 17 de novembro é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. A data tem motivado diversas iniciativas de conscientização em relação à doença e a outros males com incidência maior sobre a população masculina. A campanha Novembro Azul conta com o envolvimento de diversos órgãos, públicos, privados e do terceiro setor.

A lei 15.430 oficializa toda essa mobilização. No entanto, artigos que previam o envolvimento da Secretaria Estadual de Saúde como agente promotor das ações foram vetados pelo governador.
Para o deputado Roberto Engler, os prejuízos causados pelos vetos não inviabilizam seu propósito principal. Além disso, o parlamentar pretende procurar a pasta estadual da Saúde para discutir formas de realizar o que o projeto de lei aprovado pela Assembleia previa inicialmente.

“A ideia é que a secretaria inclua o Novembro Azul em seu calendário e realize, em cooperação com outros agentes ações e campanhas de esclarecimentos, exames e outras ações educativas e preventivas. Nada que destoe do propósito das políticas públicas da área”, afirmou Engler.

O parlamentar ressaltou o quanto o diagnóstico precoce do câncer de próstata pode colaborar para a cura da doença. “A cura do câncer de próstata está diretamente ligada ao diagnóstico precoce e o Novembro Azul é uma forma importante de chamar a atenção para o assunto, prevenir e conscientizar”, disse Engler.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 60 mil homens são diagnosticados, anualmente, com câncer de próstata no Brasil. Os casos representam 31% do total de incidência da doença no País. Quando identificados precocemente e tratados adequadamente, nove em cada dez pacientes são curados.


LEVE SEU PAI AO AME
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo tem promovido o Programa “Filho que ama leva o pai ao AME”, que pretende realizar aproximadamente 24 mil check-ups anuais de cardiologia e urologia em homens a partir dos 50 anos de idade em todo o Estado. A campanha de prevenção e promoção de saúde irá incentivar os filhos dos pacientes a levarem seus pais no médico.

Todo paciente interessado será atendido aos sábados e poderá agendar por telefone, no mês de seu aniversário, os exames e consultas, sem a necessidade de prévio encaminhamento.

O atendimento será realizado em 21 AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) do Estado de São Paulo e dividido em pelo menos dois sábados. No primeiro, o paciente passará por uma consulta de enfermagem que envolverá avaliação do peso, altura e risco cardíaco, além de uma bateria de exames laboratoriais de sangue, por exemplo.

Para o sábado seguinte será agendado o retorno para as consultas com cardiologista e urologista com a avaliação dos resultados dos exames. Caso o paciente apresente alguma anormalidade, será encaminhado para mais exames, acompanhamento e tratamento já dentro da rotina de atividades comuns do AME.

Uma pesquisa feita pelo Centro de Referência em Saúde do Homem, na capital paulista, mostrou que 60% pacientes masculinas que ficam doentes só buscam tratamento quando as doenças já estão em estado avançado, quadro que se explica pela baixa procura por exames preventivos e consultas regulares.

"O agendamento aos sábados é justamente para facilitar o atendimento preventivo a esses homens, sem danos à suas rotinas de trabalho durante a semana. O programa também foi pensado como um apelo aos filhos e parentes de modo geral, para que estimulem essa visita ao médico", afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

O protocolo de atendimento foi desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, a Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e a Sociedade Brasileira de Clínica Médica.

Os AMEs envolvidos no programa estão funcionando aos sábados, a partir das 7 horas. Para o agendamento, basta ligar gratuitamente para 0800-779-0000. Os AMEs oferecem atendimento regional, e os pacientes devem sempre procurar a unidade mais próxima de sua cidade. Na região de Ribeirão Preto, o AME de Franca é a referência para os pacientes interessados nos check-ups.