28/05/2014

Engler cobra solução para Tratamento de Esgoto de Barrinha

Obra necessita de aproximadamente R$ 1 milhão para ser concluída

imagem_destaque

Mauro Arce e Roberto Engler

Em audiência na Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, o deputado estadual Roberto Engler (PSDB) cobrou que seja dada uma solução para a finalização da obra da Estação de Tratamento de Esgoto de Barrinha. O DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) precisa dar uma parecer que permita o repasse das verbas adicionais à Prefeitura.

Engler se reuniu com o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Mauro Arce, com o secretário adjunto, Márcio Rea, com o superintendente do DAEE, engenheiro Alceu Segamarchi Jr., e com assessores da secretaria, tratando do assunto. “Precisamos de uma resposta, inclusive com previsão de prazo”, afirmou o deputado.

A Estação de Tratamento de Esgoto de Barrinha necessita de por volta de R$ 1 milhão para ser concluída. Desde o ano passado, Engler, o prefeito de Barrinha, Mituo Takahasi, o Katiá (PT), e outras lideranças da cidade têm buscado resolver o problema.

O convênio original para construção da ETE de Barrinha teve valor de R$ 6,3 milhões. A estação está sendo construída em área de 16 hectares, na Vila Recreio, nos fundos do Ginásio Prefeito Jamil Calil, e fará chegar a 100% a taxa de coleta de esgoto doméstico no município e a 60% a de tratamento de resíduos urbanos.  Atualmente, o esgoto é despejado no Córrego Jatobá, que atravessa a cidade.