28/04/2014

Alckmin fala sobre liberação de ônibus escolares para entidades

Ação promove a inclusão social de alunos com deficiência ou mobilidade reduzida

imagem_destaque

Estado adquiriu 272 ônibus para Apaes e outras entidades que cuidam de autistas

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) falou, na última edição do programa "Conversa com o Governador", sobre a renovação da frota de ônibus escolares para estudantes com necessidades especiais (ouça aqui). A troca será feita por meio da entrega de 272 veículos adaptados. "A nova frota vai assegurar o direito à acessibilidade e viabilizar o transporte de aproximadamente de 28 mil alunos atendidos nas instituições conveniadas com a Secretaria da Educação".

A entrega faz parte do programa da Secretaria da Educação, que visa a promoção da inclusão social, oferecendo melhores condições de transporte. "Só quem tem um filho com algum tipo de deficiência sabe a dificuldade que é. Nem todas às famílias têm carros adaptados para levar seu filho à escola", disse o governador.

A ação representa um apoio adicional do poder público para que os alunos com algum tipo de deficiência consigam ir às escolas e possam conviver com colegas da mesma faixa etária. 

“As Apaes e demais entidades assistenciais sérias complementam as ações do Estado. Nada mais justo do que o Governo de São Paulo, por meio dessa decisão do governador Geraldo Alckmin, oferecer apoio a essas instituições”, disse o deputado estadual Roberto Engler.

A rede estadual de ensino de São Paulo é pioneira na inclusão e na oferta de atendimento educacional especializado a estudantes com deficiência. "Atualmente, a Educação possui convênios com Apaes e outras entidades assistenciais que totalizam R$ 115 milhões ao ano em repasses", destacou Alckmin.

Ao todo, a rede pública estadual atende mais de 62 mil alunos com deficiência - física ou intelectual -, que freqüentam classes regulares e recebem atendimento em ambientes como a sala de recursos, equipadas com materiais pedagógicos específicos, de acordo com o tipo de deficiência, e com suporte de com professores especializados.


Com informações do Governo do Estado de São Paulo
Foto: Diogo Moreira/SP Notícias