04/02/2014

Duplicação da Fábio Talarico em Franca começa em poucos dias

Licença ambiental definitiva para a obra foi expedida; licitação já foi concluída

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) recebeu a licença ambiental definitiva para inicial a duplicação de seis quilômetros da Rodovia Fábio Talarico no perímetro urbano de Franca (entre o trevo com a Cândido Portinari e o fim do Distrito Industrial). Com isso não há mais obstáculos para o início da obra, o que deve ocorrer dentro de aproximadamente 10 dias.

A licença ambiental definitiva – licença de instalação – foi expedida pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) no fim de janeiro último. “Toda duplicação com mais de cinco quilômetros exige a devida compensação ambiental. Além disso, houve necessidade de pequenas desapropriações. Tudo isso está resolvido e, como a concorrência já foi concluída, as obras podem ser iniciadas”, afirma o deputado Roberto Engler (PSDB).

Engler tem tratado das obras na Fábio Talarico, e na Rodovia Cândido Portinari, com o superintendente do DER, Clodoaldo Pelissioni, com o secretário estadual de Transportes, Saulo de Castro, e com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e recebeu a notícia da expedição do DER. 
Cerca de R$ 30 milhões serão investidos na duplicação de 6,5 km da Rodovia Fábio Talarico


RECAPEAMENTO
Além da duplicação no perímetro urbano de Franca, a Fábio Talarico ainda terá recapeamento, com faixas adicionais e remodelação completa do trevo de acesso a São José da Bela Vista, da Fábio Talarico entre Franca e São Joaquim da Barra. Neste trecho, cerca de R$ 60 milhões devem ser investidos nas intervenções, que devem se estender entre os quilômetros 42,5 e 83 da via. 

As melhorias da Fábio Talarico entre Franca e São Joaquim da Barra vão completar a recuperação da rodovia, já que o trecho entre São Joaquim e Ipuã foi recapeado recentemente e outro setor, no município de Guaíra, também deve ter obras iniciadas neste mês. 

No total, a Fábio Talarico deve receber mais de R$ 100 milhões em investimentos do Governo do Estado.


CÂNDIDO PORTINARI
Está em andamento a licitação para duplicação de 15 quilômetros da Rodovia Cândido Portinari, entre Franca e o a cesso a Jeriquara. Orçada em R$ 117 milhões, a obra é parte das melhorias na estrada que têm sido solicitadas pelo deputado estadual Roberto Engler.

O trecho que será duplicado vai do km 406 ao km 421. As obras foram divididas em dois lotes distintos. Um deles vai do km 406 ao km 413 e o outro do km 413 ao km 421. Cada segmento tem uma concorrência específica. O prazo estimado para conclusão das obras é de 12 meses.

A duplicação já tem licença ambiental prévia e deve ser custeada com recursos obtidos pelo Governo do Estado de São Paulo junto ao Banco do Brasil. No último dia 22 de dezembro, em visita a Cristais Paulista, o governador Geraldo Alckmin reafirmou que o compromisso de duplicação de 15 quilômetros da Rodovia Cândido Portinari ao longo de 2014 e previu o início das melhorias para entre março e abril.  

Outras obras na Rodovia Cândido Portinari estão previstas. A concorrência pública para recapeamento, terceira faixas e pavimentação de acostamentos entre Jeriquara e Rifaina está em andamento. O trecho vai dos kms 421,00 ao 454,8 e deve significar investimento de R$ 50 milhões.

Em fevereiro de 2013, foram concluídos os serviços de recuperação de dois trechos da Rodovia Cândido Portinari, entre os kms 454,8 e 456 e 459,4 e 464,8, nos municípios de Pedregulho e Rifaina. Os dois trechos de recape, um já pronto, outro em licitação, mais a duplicação entre Franca e Jeriquara compõem a recuperação completa da rodovia, que deve ser executada ao longo de 2014.