07/01/2014

IORM recebe título de utilidade pública

Entidade está presente em sete cidades da região de Franca e Barretos

imagem_destaque

Josimara Mendonça e Roberto Engler, com alunas do IORM, em Guaíra

A lei 15.285, publicada no Diário Oficial do último dia 3 de janeiro, oficializa a concessão do título de utilidade pública estadual ao IORM (Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça). A norma é fruto do projeto de lei 505/2013, de autoria do deputado estadual Roberto Engler (PSDB). 

O IORM é uma organização sem fins lucrativos, qualificada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), com sedes nos municípios de Orlândia e Guaíra e atividades também em cinco cidades da região, Miguelópolis, Ipuã, Barretos, Sales Oliveira, Ituverava, além de Ribeirão Preto e Araraquara. 

O título de utilidade pública estadual, além de reconhecer a idoneidade da entidade, permite algumas isenções fiscais estaduais e, em conjunto com a utilidade pública federal, a isenção da quota patronal do INSS, hoje 20% sobre a remuneração dos empregados.

“É um reconhecimento oficial, que atesta idoneidade e significa alguns benefícios. Conheço de perto o brilhante trabalho realizado pela amiga Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo, presidente do IORM, e por sua equipe toda e, por isso, fico feliz com a conquista da entidade”, diz o deputado estadual Engler.


SOBRE O IORM
O IORM executa ações socioeducativas, por meio de arte, da educação, da cultura e da assistência social, para conscientizar crianças, jovens e adultos de sua dignidade e de seu potencial transformador. Busca a excelência nos trabalhos sociais desenvolvidos, pela eficácia e ética na gestão, pela qualidade e sustentabilidade econômica de seus projetos, por meio de parcerias estratégicas. 

O trabalho nasce da crença de que a educação, a arte e a cultura são, por excelência, meios de construção e de expressão da verdadeira cidadania para crianças, jovens e adultos em situação de risco social. 

O IORM possui a missão de colaborar com o desenvolvimento socioeconômico de municípios da região nordeste do estado de São Paulo, através da participação direta ou por meio de parcerias, em projetos sociais, culturais, educacionais, de promoção da assistência social e de geração de renda para crianças, jovens e pessoas da comunidade.


Foto: Assessoria do IORM