14/12/2013

Alckmin entrega casas em Morro Agudo e Descalvado

CDHU investe R$ 8 milhões nas duas cidades

imagem_destaque

Casas entregues em Morro Agudo

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) entregou, na quinta-feira (11), casas populares em Morro Agudo e Descalvado. No total, 97 famílias já foram beneficiadas com investimentos da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) que totalizam R$ 8 milhões.

Em Morro Agudo, foram 47 chaves entregues. O conjunto habitacional custo R$ 1,4 milhão. Ainda serão construídas no município cerca de 200 outras unidades habitacionais. "Há uma demanda crescente, a região cresce bastante e há a necessidade", disse o governador. O município também foi contemplado com um caminhão esteira 0 km.
 
“Juros altos, prestações absurdas, uma tabela de pagamentos cruel. O mutuário da CDHU se livra disso tudo, na medida em que o custo da moradia é subsidiado e a companhia não constrói pensando no lucro, mas na solução de um problema social, que é a falta de moradias”, afirmou o deputado estadual Roberto Engler (PSDB).

Em Descalvado, foram entregues 50 casas no Conjunto Habitacional Olmiro Mierro. O empreendimento ainda terá outras 26 unidades até o Natal. Foram investidos R$ 6,6 milhões. 

A Companhia repassou os recursos para a prefeitura, que doou o terreno e administrou as obras. Os futuros moradores foram selecionados por meio de sorteio público, realizado em novembro último e terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento habitacional. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar.

"É para quem não tem casa poder realizar o sonho da casa própria. O sonho da família é a casa, um teto, e não é fácil no Brasil comprar uma casa. Esse programa permite a quem tem um salário mínimo ter acesso à casa própria. Todo mundo tem oportunidade", disse o governador Geraldo Alckmin. 

A CDHU atende famílias com renda entre um e dez salários mínimos, priorizando as que recebem até três, que contribui com 15% dos rendimentos. Em Descalvado, 88% das famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 101,70. 


Foto: Edson Lopes Jr./Governo do Estado