18/11/2013

Engler cobra entrega do prédio da Etec de Bebedouro

Paula Souza estuda solução de pendências jurídicas para mudança da escola

imagem_destaque

Roberto Engler e Laura Laganá

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) pediu ao Centro Paula Souza que apresse a mudança da Etec (Escola Técnica) Professor Ídio Zucchi, de Bebedouro, para seu novo prédio. A escola ainda não ocupou o imóvel em razão de pendências jurídicas que envolvem a entrega oficial de sua nova casa.

Engler se reuniu com a superintendente do órgão, professora Laura Laganá, na última semana, tratando do assunto. “Temos uma situação jurídica bastante complicada que está sendo tratada pelo Paula Souza, mas que tem demorado a se resolver. Estamos, todos, preocupados, já que o novo prédio da Etec está pronto e a escola, alunos, professores, precisam utilizar seu espaço fazendo valer toda a luta que travada para que esse prédio fosse erguido”, afirmou o deputado.

A empresa responsável pela construção do prédio já concluiu seu trabalho há meses. No entanto, ao longo da construção, foi assinado aditivo para adequações adicionais não previstas no projeto inicial. Para que o Centro Paula Souza efetue o pagamento das intervenções previstas neste aditivo, a procuradoria do órgão estadual exige a apresentação de uma série de certidões. A construtora não dispõe de uma delas, expedida pelo Governo Federal. 

Sem o documento, o Paula Souza fica impedido de pagar a obra. A empresa não reconhece as razões que a impedem de obter a certidão junto ao Governo Federal e não realiza a entrega oficial da obra. 

“É um problema que precisa ser solucionado logo. Não podemos aguardar mais para que o prédio seja utilizado e as condições de ensino e de trabalho de todos, alunos, professores, funcionários, direção, sejam melhoradas”, disse Engler.


HISTÓRICO
O investimento de cerca de R$ 20 milhões na construção do novo prédio da Etec de Bebedouro, no Jardim Eldorado (Rua Lúcio Sarti), foi uma conquista liderada pelo deputado estadual Roberto Engler e confirmada em 2010. A obra foi iniciada em 2011 e está pronta desde meados deste ano.

Engler convenceu lideranças estaduais a promover o investimento na construção de um imóvel projetado especialmente para a Etec, com todas as exigências necessárias e que deve servir de impulso para o aumento do número de cursos e de alunos, transformando a unidade em uma das maiores do interior do Estado. 

A mudança da Etec vai desocupar parte da Escola Estadual Paraíso Cavalcanti, onde deve ser instalada, a partir do segundo semestre de 2014 a Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Bebedouro. A Fatec também terá seu próprio prédio, que deve começar a ser erguido entre o fim de 2014 e o início de 2015, em área na divisa dos jardins Pedro Maia e Centenário, a ser cedida pelo município ao Centro Paula Souza.