12/11/2013

Etec de Guaíra deve começar a funcionar em prédio no Centro

Construção de prédio próprio para a escola deve ser viabilizada ao longo de 2014

imagem_destaque

Roberto Engler, Laura Laganá, José Reginaldo Moretti e Sérgio de Mello

Audiência realizada na manhã de hoje (12), no Centro Paula Souza, em São Paulo definiu que a Etec (Escola Técnica) de Guaíra deve ocupar o prédio que foi do Colégio Soares Ouro Branco, no Centro da cidade. A ideia é que a escola comece a funcionar no segundo semestre do ano que vem. O encontro ainda definiu trâmites para a construção de um prédio para a Etec da cidade.

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o prefeito de Guaíra, Sérgio de Mello (PT), e o vereador José Reginaldo Moretti (PSDB) se reuniram com a professora Laura Laganá, superintendente do Centro Paula Souza, que gerencia as Etecs e as Fatecs (Faculdades de Tecnologia) em todo o estado. A Prefeitura, que locou o prédio do colégio, se dispõe a cedê-lo para abrigar a Etec.

 “O prefeito Sérgio de Mello se prontificou a resolver a questão de um local para instalar a Etec, um ponto importantíssimo. Com isso, temos algumas medidas a serem tomadas, se possível a tempo da inclusão de cursos oferecidos em Guaíra com vagas para o segundo semestre do ano que vem”, revelou o deputado estadual Roberto Engler.

Os passos citados por Engler começam com um levantamento da demanda de formações em Guaíra e região. A Etec deve iniciar com pelo menos dois cursos. Depois disso, uma vistoria de técnicos do Centro Paula Souza será programada para avaliar eventuais adequações físicas no imóvel.

“Na medida em que sejam definidos os cursos oferecidos na escola, será possível programar reparos e reformas no prédio disponibilizado, para que a estrutura seja compatível com as exigências das formações que serão disponibilizadas”, explicou Engler.

As adequações no espaço ficarão a cargo da Prefeitura de Guaíra.


CONSTRUÇÃO DE NOVO PRÉDIO
A visita de técnicos do Centro Paula Souza a Guaíra deve servir não só para avaliar o prédio do antigo Colégio Soares Ouro Branco, mas para análise de outro imóvel: terreno de 12 mil metros quadrados que o município planeja ceder ao órgão estadual para construção do prédio próprio da Etec da cidade.

O acordo também foi feito na reunião de hoje (12), em São Paulo, com a participação do deputado estadual Roberto Engler, do prefeito de Guaíra, Sérgio de Mello, e do vereador José Reginaldo Moretti. A Prefeitura disponibilizou imóvel próximo à Rodovia Assis Chateaubriand, no Jardim Eldorado, entre o acesso 1 e o acesso 2. A área já é de propriedade do município.

“O parecer do Paula Souza é o que é preciso para que a doação do terreno possa ser oficializada”, afirmou o deputado Roberto Engler.

Uma previsão viável para início de construção do prédio da Etec de Guaíra seria para o fim de 2014, com término em 2015. “Essa é uma estimativa. Tudo vai depender da rapidez com que seja cumprida cada etapa que antecede a obra”, avaliou Engler.

O deputado comemorou o resultado da audiência no Centro Paula Souza. “Sem dúvida alguma é uma grande notícia para a Guaíra. Os ganhos são diversos: educacionais, de capacitação, profissionalização e emprego, de geração de renda, entre outros”, ressaltou.

Desde 2009, o deputado estadual Roberto Engler trabalha para viabilizar a instalação de uma Etec em Guaíra. “O esforço tem sido grande e perdurado há bastante tempo, algo que aumenta a alegria que teremos quando tudo der certo. Compartilho essa luta com todos os que se envolveram com o assunto durante este tempo, em especial a comunidade guairense, os vereadores do PSDB, Moretti, Bia Junqueira, José Natal Pereira, e Neto Nogueira, e o presidente do partido em Guaíra, Edvaldo Morais”, disse Engler.