06/11/2013

Estado deve financiar projeto de futebol para 1,5 mil crianças em Franca

Proposta é parceria da Prefeitura de Franca e da Liga de Futebol Amador

imagem_destaque

Imagem de audiência na Secretaria Estadual de Esportes

Audiências realizadas ontem (5), na Secretaria Estadual do Esporte, Lazer e Juventude e na Secretaria Estadual da Casa Civil, trataram da liberação de R$ 300 mil em recursos estaduais para projeto de futebol para categorias de base de escolinhas de futebol da Liga de Futebol Amador de Franca. Com apoio da Prefeitura Municipal, a ideia é utilizar o dinheiro para iniciação e desenvolvimento esportivos para 1,5 mil crianças e adolescentes.

A verba será repassada depois de pedido feito pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB). O parlamentar acertou ontem (5), com o secretário estadual da Casa Civil, Edson Aparecido, a inclusão de dotação de R$ 300 mil para o projeto “A Arte do Futebol”, elaborado em parceria pela Prefeitura de Franca e pela Liga Francana de Futebol Amador.

“Com a proximidade do fim do ano, a inclusão do valor ainda para 2013 não é possível. Minha solicitação será feita de forma a garantir que um convênio possa ser feito no início de 2014 e a execução do projeto possa ocorrer logo em seguida”, afirmou o deputado Roberto Engler.

Na manhã de ontem (5), Engler, o prefeito Alexandre Ferreira (PSDB), o vereador Donizete da Farmácia (PSDB) e o presidente da Liga Francana de Futebol Amador, Euripedes Sebastião Gonçalves Filho, os dois últimos os principais idealizadores do projeto, se reuniram com o secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, José Auricchio Junior, tratando da proposta.

O projeto “A Arte do Futebol” prevê atividades destinadas a atender 1,5 mil meninos e meninas, com idade entre sete e 16 anos, em seis núcleos de atendimento localizados na Vila Santa Terezinha, no Jardim Brasilândia, no Parque Vicente Leporace, no Jardim Continental, no Jardim Noêmia e no Jardim Aviação. A participação dos alunos estaria vinculada à freqüência escolar. 

A verba estadual solicitada servirá para financiar os recursos humanos e os materiais destinados às aulas e treinamentos e à realização de um campeonato anual, com a participação dos alunos envolvidos. “Pequenos acertos devem ser realizados pela nossa equipe de convênios em consonância com as regras da Secretaria de Esportes”, disse o prefeito Alexandre Ferreira. 

“O projeto tem um potencial esportivo e social, tirando crianças e jovens da rua e oferecendo uma atividade saudável e formadora não só de atletas, mas de bons seres humanos”, ressaltou o presidente da Liga, Eurípedes Gonçalves. “Sou um grande incentivador do futebol amador e fico satisfeito com os passos dados até aqui para colocar em prática esse projeto”, revelou o vereador Donizete da Farmácia.